BLOG DA HELENA, Imagens Adultas Inéditas

Vou te devorar!

por H. Thiesen 

Tua mão afagou o meu rosto, teus dedos deslizaram pela minha face e se entrelaçaram em meus cabelos. Eu dormia levemente e ao mesmo tempo sentia os teus carinhos. Percebi teu hálito quente e logo depois teus lábios sobre os meus. Uma sensação deliciosa tomou conta de mim, quando tuas mãos passearam pelo meu pescoço e deslizaram pelos meus ombros. A maciez da palma da tua mão me deixou relaxada.
Descendo mais um pouco, você foi de encontro aos meus seios, explorando-os e detendo-se em meus mamilos, os quais estimulados endureceram e se ofereceram para você.
Eu já não dormia mais, acordara totalmente, mas permanecia quieta e deixava-me seduzir, desfrutando de olhos fechados as tuas carícias. Novamente senti teus lábios, mas desta vez, eles molhavam meus seios e deixavam escapar a tua língua quente e úmida, que contornavam meus mamilos entumescidos.
Minha respiração tornou-se ofegante e me abandonei às tuas carícias e às sensações que eu sentia. Proporcionei-me desfrutar, de olhos fechados, as delicias dos teus carinhos.
Tuas mãos deslizavam em meu corpo, tua boca me molhada por onde ela passava. Teus seios volumosos e deliciosos, roçavam pela minha pele e os teus bicos duros e rosados, quando me tocavam levemente, traziam-me uma sensação deliciosa. O calor do teu corpo me aquecia e na minha coxa, que estava entre as tuas pernas, eu sentia o teu fogo e a tua umidade.
Teus carinhos pareciam uma ventania sobre o meu corpo e as sensações que eu sentia, se transformavam em uma gostosa viração de um final de tarde. O teu fogo alimentava o meu e as chamas do teu desejo, juntavam-se as chamas das minhas vontades. Labaredas tomaram conta de mim, quando você entrou no meio das minhas coxas e com tua boca sedenta sorveu o mel, que derramava da minha colmeia.
Estremeci de tesão, derramei-me em tua língua e explodi na tua boca.
Você somente parou de beber, quando não havia mais nenhuma gota do meu prazer, e adonando-se do meu gozo, controlou e apagou o meu incêndio.
Respirei fundo, tomei fôlego, trouxe você a minha boca e te beijei! Foi o que bastou e o calor que ainda havia em mim, terminaram por reacender o meu incêndio.
Agora é a minha vez! Te darei, uma à uma, todas as sensações que você me proporcionou, do beijo ardente na tua boca, ao dilúvio do teu orgasmo! Não pouparei carícias a nenhuma parte do teu corpo!
Deite-se e abandone-se ao prazer: - Eu vou te devorar!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog
.

Eu quero apenas sexo! Somente Sexo!

por H. Thiesen

Eu quero ser tua, agora e depressa. Em qualquer lugar, entre quatro paredes ou mesmo na rua. Eu te quero agora, nu na minha cama, ou sobre a mesa, entre as taças e os pratos.
Não quero promessas e também não quero conversa, a tua vida e o teu passado não me interessa. Se já foi de outra é o que menos me importa, por que não quero amor e nem ilusão. Esqueça, não quero saber das tuas aventuras e dramas.
Pense, você é um homem e eu uma mulher, para que essa melosidade. Só por que sou fêmea, não posso querer apenas sexo e me dar bem? Aliás... Dar bem! Por que tantos valores, quero apenas momentos!
Seja como for, acredite ou não, eu te quero sem roupa, rolando na cama, no tapete da sala ou sob o chuveiro. Quem sabe com mais ousadia, no carro, num local afastado do parque ou num cantinho escuro!
Eu quero sexo apenas, sem compromisso, sem o depois, uma trepada sacana repleta de fantasias insanas. Algo sem juízo, proibido, arriscado, cheio de adrenalina!
Para te falar a verdade, nem te preciso pra isso, pode ser um outro qualquer. Sobre isso, eu não faço fachada, não quero amigo, namorado e nem um marido, eu quero um objeto de desejo e tesão, para sexo e diversão, alguém que venha, me coma e vá logo embora.
Não quero nada sério, não vou fingir que eu quero, não tenho essa vocação. Não me peça para ficar entre a cruz e a espada, entre os sentimentos e os meus desejos, para mim não existe essa coisa de fidelidade, que coloca em um brete a minha vontade.
Como eu disse, se quiser aproveita, me come direito e de todos os jeitos. Faça-me ter muitas gozadas e goza, enfim... Extravasa as tuas vontades e a tua pegada, por que não sou mulher melosa, que gosta só de carinho. Eu gosto de uma foda bem dada, que me deixe exausta, encharcada e lambuzada. Uma foda que o mel escorre pelo tesão demasiado e que me faz querer ser comida em todas as possibilidades, onde é possível um macho meter. 
Bem... Creio que deixei bem claro, não quero você! Eu quero o teu membro duro e quente e, tudo o que ele pode fazer. Quero ficar muito louca e melada, sentar no teu pau e gozar para valer. E, depois da gozada, não quero mais nada, além de dizer que foi bom pra mim e saber se foi bom para você.
Se quiser é assim, nada mais do que desejo, sexo e prazer! 

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog
.

Beijo na bunda!

por H. Thiesen 

O beijo na bunda é um ato de carinho, quando alguém fazendo uso dos lábios, leva-os ao encontro das nádegas de outra pessoa e deposita numa ação levemente descarada, um estalinho sonoro sobre a pele dela ou de uma maneira ainda mais sem-vergonha, deposita o estalinho e depois passa a língua!
O beijo na bunda pode transformar momentos frios e mornos de um relacionamento, em momentos com maior intensidade e calor, ou seja, se bem feito, provoca uma reação espontânea e indica que ele foi apreciado.
O beijo na bunda é um ato sublime e inexplicável, todo mundo gosta, se você não concorda ou nunca teve a bunda beijada, faça um teste! Peça para beijar a bunda de alguém ou para que beijem a sua! 
O beijo na bunda é indescritível e talvez insubstituível, que mulher não gosta de ser beijada na bunda ou beijar a bunda do namorado e, que homem não gosta de beijar a bunda da namorada ou ter a sua beijada por ela?
O beijo na bunda é o único ato de carinho, que o ser humano precisa terceirizar! Quantas mulheres já vimos por aí, chupando o próprio seio ou até mesmo, algumas com elasticidade suficiente fazendo auto-cunilíngua;? Quantos homens por aí fazem auto-boquete? Isso não é muito raro! Mas beijar a própria bunda é tarefa impossível, por mais contorcionista que o indivíduo seja. Se alguém sabe ou conhece alguém, por favor me avise! Eu nunca vi!
O beijo na bunda é o orgasmo oscular, uma vez que a boca humana pode beijar uma outra, pode beijar facilmente, rostos, olhos, nucas, barrigas, peitos e seios, mas beijar uma bunda deliciosa... É um clímax!
O beijo na bunda não faz escolhas, ele acontece na bunda, na bundinha ou no bundão, na bunda dura ou na bunda mole, até mesmo numa bunda empinada e numa bunda caída. Para acontecer, basta uma boca disposta e uma bunda disponível, para torna-se um ritual: É necessário que alguém baixe a calça ou levante a saia.
Mas não é qualquer que boca sabe dar um beijo na bunda, porque não é só beijar uma bunda, necessário se faz, pensar em quem está ganhando, para que aprecie e fique satisfeito ou satisfeita. 
Saber se, se sabe beijar uma bunda, não é muito difícil e há muitas formas para isso. Repare no sorriso, no arrepio, na revirada de olhos, no suspiro, qualquer uma dessas manifestação significa que o beijo na bunda foi aprovado, do contrário, passe para o plano "B", aplique um beijo na bunda mais sem-vergonha, com direito à lambida, principalmente entre as duas nádegas. Mas cuidado para não avançar o sinal e lamber o cu. Lambida no cu é só para os mais íntimos! Se por acaso, o beijo na bunda seguido de lambida não mostrar resultados satisfatórios, não se decepcione, vá para o plano "C" e logo depois da lambida... Morda com vontade! A reação será instantânea! Depois disso, por precaução: Corra para as montanhas!
O beijo na bunda tem que ser espontâneo, é um ato despretensioso. Bem, na verdade sabemos que o beijo na bunda tem a sua razão de ser e objetivo bem definido. Mas isso é uma outra história!
O beijo na bunda é irresistível e mesmo aqueles que não são chegados numa bundinha de mulher, acabam por fazê-lo em outra bunda qualquer. Quem em sã consciência, quando vê uma bundinha linda, não fica louco para beijá-la?
O beijo na bunda é antiquíssimo, desconfia-se que o primeiro beijo na bunda aconteceu na Pré-História, copiado aos animais que, evolução à parte, sempre cheiraram o fiofó um dos outros e assim, o beijo na bunda foi inaugurado no Planeta Terra e quem sabe no Universo, pois de lá para cá, apesar dos esforços ufológistas, ainda não se sabe com certeza, se há formas de vida fora deste planeta, mas se existir, um dia assistiremos a um beijo na bunda intergalático!
O beijo na bunda... Ah, chega! Já falei demais!
- BEIJO NA BUNDA!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog
.

Meu mel, no teu mel!

por H. Thiesen 

Deixemos 
os nossos corpos acessos
E ardentes
os nossos desejos
O tesão 
é nosso vassalo
Enquanto
a tua boca no meu sexo
e o teu sexo na minha boca
Somos como abelhas famintas
e bebemos em nossos regaços
Saciadas
sorvemos os néctares
das nossas caldosas colmeias
E nos lambuzamos
no teu e no meu mel!



--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog
.

O que elas pensam dos homens?

por H. Thiesen 

Essa é uma pergunta  os homens fazem. E não é para menos. Saber o que as mulheres valorizam e buscam num homem pode facilitar as coisas. Há algumas características básicas, as quais algumas mulheres amam e outras detestam, mas elas reagem às situações conforme a suas índoles.

Homem com personalidade
Fina: Hum, é decidido!
Comum: Gostei!
Vulgar: Uauu, é tudo o que eu quero!
Depravada: Tá querendo ser corno!

Homem com bom humor
Fina: Simpático, vou pensar no assunto com carinho!
Comum: Uma gracinha, vai trazer alegria na minha vida!
Vulgar: É engraçado, pra esse vale a pena dar!
Depravada: Vem fazer piada na minha cama!

Homem com sensibilidade
Fina: Charmoso, deve fazer amor maravilhosamente!
Comum: Nossa, eu precisava de um assim!
Vulgar: Bem diferente daquele filha da puta!
Depravada: É viado!

Homem Intelectual
Fina: Inteligente, homem assim dificilmente se encontrar!
Comum: Não é pra mim, não entendo nada do que ele fala!
Vulgar: Quer aparecer, homem só precisa ter pau duro!
Depravada: É broxa!

Homem com corpo saudável
Fina: Bonito, vale a pena investir!
Comum: Lindooooo! Parece um galã de novela!
Vulgar: Lindéééééérrimo, gostoso! Vem cá... Vem!
Depravada: Tesão! Vem pra mim neném! Faço barba, cabelo e bigode!

Homem Violento
Fina: Que homem rude!
Comum: Grosso!
Vulgar: Adoro levar uma palmadas!
Depravada: Bate, filha da puta, bate que eu gozo!

Homem apressado na cama
Fina: Nunca mais!
Comum: Quebra o galho, se não ter outro disponível!
Vulgar: Me fode, vai me fode!
Depravada:  Mete, mete, corno, safado, cachorro!

Homem Canalha
Fina: Ele só quer me usar!
Comum: Será que ele gosta de mim?
Vulgar: Ele vai, come as outras e sempre acaba voltando!
Depravada: Tô nem ae! Come as outras, mas é nesse corpão que ele morre!

Homem tarado falando gracinha
Fina: não diz nada
Comum: Sem noção!
Vulgar: Vai te enxergar! Vê se eu tô lá na esquina!
Depravada: Vai tomá no cu, seu viado!

Homem no primeiro encontro
Fina: Só um beijinho
Comum: Muitos beijos
Vulgar: Muitos beijos e muito amasso
Depravada: Muitos beijos, muito amasso, faz boquete, trepa e dá a bunda.

Homem Pauzudo
Fina: Será que eu aguento!
Comum: Meu sonho!
Vulgar: Grandão, vai me rasgar ao meio!
Depravada: Mete esse caralho, arromba este cu!

Homem Broxando
Fina: Sem problemas, isso acontece!
Comum: Logo comigo (pensando)! O problema é comigo (falando para ele)!
Vulgar: Já comeu alguém hoje, né seu cretino! Quem é a vadia?
Depravada: Caralho, logo agora? Quer um fio-terra para se animar?

Homem no motel caro
Fina: Trouxe-me no melhor motel, é um cavalheiro!
Comum: Nossa, que chique! Ele deve ser rico!
Vulgar: Arrá, me dei bem! Olha isso!
Depravada: Tá querendo ser corno!

Homem perdido na festa:
Fina: Por acaso, você viu o fulano?
Comum: Cadê o fulano?
Vulgar: Fulanooooooooooooo!!!!
Depravada: Caralho, onde aquele corno se meteu?

Homem no Skype
Fina: Boa noite!
Comum: Oieeeeeeeee!!!!
Vulgar: Fala ae gostoso!
Depravada: Ae tesaum! Jah tô pelada!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog
.