22 de dezembro de 2014

Gulosa e Viciada

por Lena Lopez

Não é uma vontade alimentícia e nem uma necessidade biológica. É corporal, sexual, anal, oral e extremamente instintivo e primitivo.
O pecado que mais cometo e que domina todos os meus pensamentos, é a gula. Peco todos os dias da minha vida, a cada minuto, a cada segundo. É um pecadoo ardente, emblemático, inevitável e inexplicavelmente ardente: Você!
O teu corpo já se tornou o meu vício e sem ele não mais me é possível viver.
Sinto a vontade de devorar teu corpo, beber todos os teus líquidos e saciar-me numa luxúria louca.
Tento de todas as maneiras, afastar de mim esse pecado e esses sentimentos insanos e inadiáveis, que me corroem, pois quanto mais te tenho, mais te quero e mais te procuro.
Peco, quando penso que busco no teu corpo a minha saciedade e no meio de delírios a satisfação da minha carne com a tua carne.
A gula que me domina, seca-me a boca e me faz desejar-te como um alimento insubstituível e totalmente necessário à minha sobrevivência.
Desejo-te como o meu banquete, no qual é servido os melhores manjares e regado a néctares cristalinos.
Desejo-te com a gula de uma fera selvagem, louca para lamber teu sexo, ante o pecado mais gostoso que existe.
Desejo-te como uma loba no cio, que se excita ao ouvir os uivos a lhe chamar ao coito.
Desejo-te como uma gata manhosa no telhado, ronronando a posse pelo gato excitado.
Desejo-te como o alimento que me farta e completa, saciando toda a minha vontade.
Desejo-te com tudo o que eu tenho para oferecer-te, te dando o que eu tenho de melhor.
Desejo-te com todos os meus anseios, que me consomem da cabeça aos pés.
Desejo-te com a melhor amante, para retribuir-te completamente o banquete oferecido.
Desejo-te para convencer-te a pecar comigo e servir-te à vontade no banquete.
Desejo-te com toda a minha gula, para devorar-te e ser devorada e ouvir-te dizer, que eu consegui te viciar e você também está viciado por mim.
Enfim...
Desejo-te como fêmea, que o corpo clama pelo macho!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"

Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog.

Provocante e Atrevida

por Lena Lopez 

Boca vermelha, sedutora e quente
Língua safada, lasciva e provocante
Lábios carnudos que pedem por beijos
Seios voluptuosos no decote ousado
Mamilos pontudos ferindo o tecido
Corpo atraente veste a feminilidade
No vestido curtinho, colante e preto
Sobreo  alto do salto exibe as curvas
E as pernas formosas sob meias de nylon
A bunda empinada ressalta suas formas
Mulher que se impõe, resplandece e brilha
desperta a cobiça e acende desejos
dos homens e algumas mulheres
Mulher que se nota e se faz notar
onde ela passa e aonde ela chega
fomenta a inveja das menos ousadas
motiva o ciúme das inseguras
Mulher sensual, tesuda e gostosa
nunca esquece da sensualidade
sua boca é um convite à luxúria
seu corpo é um perigo à tentação
Mulher que desfila sua sedução
que passa na rua como uma dona
dama, senhora e rainha
Mulher que não nega sua sexualidade
que entra no quarta e deita na cama
uma puta que quer e dá prazer!
Fêmea, sensual e provocante



--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"

Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog.

Me fode!


por Lena Lopez 
Tenho a boca marcada pelos teus dentes
Meus olhos miram profundos nos teus
Meu corpo arde em chamas
Meu sexo molha e clama
Minhas pernas não resistem ao desejo
Se abrem te fazendo um convite
Sinto o calor dos teus lábios
A invasão da tua língua 
Umedeço-me...
Incendeio...
Deliro com tua boca
No meu sexo
Tua língua em meu clitóris
Minhas perna estremecem 
Quase desfaleço de tesão.
Vamos... 
Acaba logo isso...
Não me torture
Vem e me fode!


--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"

Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog.

Um rasgo entre as pernas!

por Lena Lopez 

Tenho um rasgo
tenho um rasgo na pele,
que me abre entre as coxas
e me deixa permeável
Tenho um rasgo
tenho um rasgo profundo
que me afunda no corpo
quase no tom de sangue
quente quando em chamas
úmido durante a lascívia
Tenho um rasgo
tenho um rasgo na carne
cobiçado e desejado
por tantos ser possuído
Tenho um rasgo
Tenho um rasgo entre as pernas
como pétalas de flor
molhadas pelo anseios
quando me abate o desejo
Tenho um rasgo
tenho um rasgo encharcado
que se derrama em prazer
lambuza e se lambuza
para te receber
Tenho um rasgo
tenho um rasgo molhado
que tira o meu sossego
quando me vem a loucura
para oferecê-lo a você!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"

Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog.

Siririca ou Punheta?

por Lena Lopez 

Cheiro e  olfato
Corpos suados, excitados e o cio
Tato e contato
Dedos safados, o toque ousado
Audição e Gemidos
No ouvido, sussurros, palavras
Paladar e sabor
Na boca, na língua e a pele
Visão e olhar
Os olhos que veem e a malícia
Desperta o tesão
A loucura sem pejo
O desejo obsceno
A boca na boca
A mão por aqui
e a outra por lá
Do beijo aos seios
O passeio na pele
A língua no sexo
O mel e o néctar
Línguas e dedos
Lambidas e toques
Palavras e frases
A mordida e os dentes
O rastro das unhas
A carne arranhada
Se torna selvagem
As vezes romântico
Quem sabe nem tanto
É sexo no sexo
Uma transa casual
Com indas e vindas
Uma rapidinha
Um "ai" e um "ui"
E o "vem"
Vem, vem, to quase!
Gozaaaaaando!
Foi bom pra você?
Ah! Sei lá!
Tentei escrever
Mas não sei
Se deu poesia
É no que dá
Misturar sexo e letras
Mas e aí desse lado?
Depois que me leu!
Quem sabe...
Uma siririca
Ou uma punheta?

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog.