sexta-feira, 21 de julho de 2017

O meu, o teu e o nosso!

 por H. Thiesen

Vou me tatuar no teu corpo e deixar-te do meu.
Entrega-me licenciosamente os teu desejos e eu te entregarei as minhas vontades mais insensatas e juntas iremos ao ápice, ao gozo, o meu e o teu... O nosso orgasmo!













--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog: PENSAMENTOINDECENTE.COM
.

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Ninfomaníaca

por H. Thiesen 

Quero te ver alucinado, curioso pelo que virá n momento seguinte, algemado aos meus encantos, sem ter o controle da situação.
Eu ditarei as regras apenas obedeça-me e mantenha-se ereto.
O que virá depois, será comigo! Não deixarei pedra sobre pedra, reduzirei teu corpo à cinzas, sob o calor extremo dos meus desejos.
Serás um objeto entre os meus dedos, um brinquedo em minhas mãos e um sorvete em minha boca.
Teu corpo será transformado em um recanto privativo para a minha satisfação.
Não tente escapar das minhas vontades, pois sou cruel e possessiva, sedenta e faminta, ninfomaníaca e compulsiva, tenho o espírito de sátiro, quando decido saciar as minhas insanidades e taras.
Te ofereço.. 
Meu corpo para que o veneres e   por ele implores, à ele espero a tua dedicação completa.
Minha boca para que beijes, morda os lábios e sugues a língua e sacie a minha sede com a tua saliva.
Meus seios para que acaricie-os com tuas mãos, lamba-os, chupe-os com teus lábios e mordisque os mamilos com teus dentes.
Minha vulva para que proves o sabor da minha umidade e bebas o néctar que dela brota, resultado e produto do meu tesão e vontades.
Minha vagina para que invada-a e nela entre e saia com a tua virilidade, dando-lhe fortes estocadas e fazendo-a lambuzar, com o mel da minha plena excitação. 
Sentarei sobre teu membro e exigirei teu corpo imóvel à minha total disposição.
Quero ver-te delirando, totalmente entregue e absolutamente extasiado, sob o meu comando e posse.
No fim, vou me permitir gozar sobre a tua boca, dar-me durante o gozo, o prazer da tua língua. 
Depois que eu usar-te, rematar todas as taras, para a tua recompensa e pela tua dedicação, deixarei-te gozar e jorrar entre os meus seios tua seiva abundante de macho.
- Viu... como sou boazinha! Mas eu sou a tua dona!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog
.

terça-feira, 18 de julho de 2017

Fantasias de uma namorada curiosa!

por H. Thiesen 

- Betooooo!
- O que?
- Sabe aqueles brinquedinhos que eu tenho?
- Sei!
- Sou muito curiosa e tava pensando...
- Pensando no que?
- Eu queria usar!
- Ué... Más você usa sempre!
- Não, diferente!
- Como diferente?
- Eu queria usar em você!
- Tá doida?
- Doida por quê?
- Isso é coisa de veado!
- Ah, deixa de ser bobo e preconceituoso!
- Não, de jeito nenhum!
- Que que tem?
- Eu sou homem!
- E daí, homem também dá o cu!
- Quem disse?
- Sabe a Mary?
- Sei...
- Pois é, ela usa no Zé!
- Eu sabia!
- Sabia o quê?
- Que o Zé não me enganava!
- Como assim?
- Aquela bundinha redondinha, só podia ser de putão!
- O queeeeeeee... Você tá de olho na bunda do Zé!
- Claro que não, vi sem querer!
- Então... Vamos?
- De jeito nenhum!
- Mas você come o meu cu e eu não reclamo!
- Ah, mas você é mulher e gosta!
- Ah tá, mulher pode dar o cu e tudo bem!
- Claro, ninguém vai te chamar de veado!
- Hum, então... De hoje em diante não dou mais!
- Por quê?
- Enquanto você não deixar eu não dou mais!
- Chantagista!
- Nãos mesmo, direitos iguais!
- Ah para com isso!
- Melhor, não transo mais enquanto você não deixar!
- Tá falando sério?
- Tô...
- Ah... Michele, dá um beijinho e vamos fazer as pazes!
- Não, só depois que você deixar!
- Tá bom, só uma vez!
- Peraí!
- O que você vai fazer!
- Vou escolher o brinquedinho!
- Tá!
- Esse aqui?
- Tá louca?
- Esse é bom Beto, eu sempre uso!
- Não tem menor, não?
- Ah Beto, só dói um pouquinho quando entra!
- Não, esse aí nem se a cobra calçar sandálias!
- Seu covarde!
- Covarde não, só to preservando o que é meu!
- Mas você disse que tudo em você era meu?
- Epa... Menos o cu!
- Oh Beto, vira de costa, vai ser rápido!
- De jeito nenhum, então pega aquele ali!
- Aquilo não é brinquedo, é supositório de glicerina!
- Então, é bem apropriado pro meu!
- Tá bom, tá com medo né?
- Medo não, já disse que to preservando!
- Vou dormir!
- E não vamos fazer nada hoje?
- Eu quero fazer, quem não quer é você!
- Quem disse que eu não quero?
- Você... Tá aí todo covarde!
- Eu disse fazer sexo!
- Não! Agora é assim, não deu... Também não come!
- Tá bom eu deixo!
- Vira de quatro então!
- Ah não, você quer me humilhar!
- Que nada Beto, eu fico assim pra você!
- Mas é diferente!
- Tá bom, então deita e levanta as pernas!
- Frango assado?
- É!
- Isso é ridículo!
- Você tá enrolando!
- Não tô, mas to achando estranho!
- E você quer ficar como?
- Não pode ser deitado?
- Pode, fica então!
- Olha lá, vai com calma!
- Peraí, vou passar o lubrificante!
- Michelle...
- O que Beto?
- Tem um brinquedinho sem uso?
- Tá com nojo por eu já usei esse?
- Não!
- Tá sim!
- É que é a minha estréia!
- Tá bom, ontem eu comprei um, vou pegar!
- Pela mor de... Olha o tamanho dessa coisa!
- Você não queria um novo!
- Mas não assim, é o dobro do meu pau!
- Quer saber Beto?
- O quê?
- Cansei, vou dormir! Vai socar uma punheta!

© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog: PENSAMENTOINDECENTE.COM
.

Belas, gostosas e...
DOTADAS!
Clique aqui!

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Entre as minhas pernas!

por H. Thiesen

Entre as minhas pernas
tem um fogo incontido
tem brasas acesas
sensações e sentidos

Entre as minhas pernas
tem carne incandescente
desejos almejados
e vontade urgente

Entre as minhas pernas
tem fogo infinito
tem mel e manjar
gemidos e gritos

Entre as minhas pernas
guardo teus muitos beijos
que ganhei da tua boca
incasta e sem pejo

Entre as minhas pernas
tem uma delícia
que desperta em você
toda a cobiça

Entre as minhas pernas
tem um linda flor
motivo lascivo
de prazer e ardor

Entre as minhas pernas
tem algo gostoso
tem luxúria e tesão
tem prazer e gozo!


--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"

Todos os Direitos Reservados

All Rights Reserved

DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS

Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog.