Louca e Insaciável

por H. Thiesen

Hoje estou num dia daqueles! Um dia que só desejo foder!
Quero tuas mãos atrevidas explorando as minhas partes, teus dedos safados entrando e saindo de mim. Quero a tua língua molhada deslizando por todo meu corpo, deixando os rastros de saliva na minha pele, entrando na minha boca, circulando os mamilos, serpenteando meu grelo e colhendo o mel que escorre da minha buceta.
Quero que enterre o teu pau na boca, na frente e atrás. Quero que me foda de todos os jeitos, deitada, de lado, de quatro e em pé na parede. Quero mesmo, é sentir lá no fundo das minhas entranhas o teu pau quente e duro!
Puxe-me pelos cabelos e desfira palmadas na bunda, enquanto me come com aquela selvageria que eu tanto gosto.
Quero sentir o teu gozo no meu corpo, ouvir os teus gritos e urros, as estocadas bem firmes e profundas e essa porra viscosa e quente escorrendo no meio das minhas pernas.
Depois, eu quero gozar, derramar-me na tua boca e te dar o meu gozo para provar.
Vem.. Eu estou num dia daqueles! Já me masturbei e gozei.
Eu estou num dia daqueles, louca e insaciável, só esperando para ser invadida, comida e muito bem fodida!



--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"

Todos os Direitos Reservados

All Rights Reserved

DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS

Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog.

Especialista no boquete!

por H. Thiesen 

Ela era linda, safada e deliciosa. Era morena e tinha o corpo bronzeado, com as marquinhas brancas do sol. Olhos verdes deliciosamente maliciosos. Seios médios, com mamilos rijos e auréolas rosadas. Era acinturada, mas os quadris não eram muito largos, eu diria que dentro das proporções. O púbis branco e depilado, com um delicioso risquinho, que parecia dizer, apontando para o "objeto de cobiça: "Chupe aqui"!
Ela parecia um anjo-demônio, pronta para me levar aos abismos profundos do prazer!
Ela me jogou na cama, colocou minhas pernas sobre os seus ombros e com delicadeza separou os meus grandes lábios com os dois polegares. Senti sua língua, molhada e quente, circular o meu clitóris. Primeiro lambeu e depois sugou-o.
Precisa e certeira, ela sabia o que e onde fazer, como, qual ritmo e que intensidade usar. Sim, saber fazer é o que conta, por que o prazer do sexo oral na vagina é deliciosamente engraçado, troca de lugar, troca de ponto, de um momento para o outro, não adianta ficar lambendo e chupando num lugarzinho, é necessário circular, procurar as sensibilidades e encontrar o local definitivo, que leva à loucura e que faz explodir.
E, ela sabia todas as nuances possíveis de prazer e me dava o que eu precisava na medida certa, como tocasse um piano e dele arrancasse notas musicais mágicas, ela me lambia e arrancava gemidos intensos. Era uma expert no assunto, sua língua circulava, procurando descobrir meus pontos mais fracos e invadia buscando meu prazer mais profundo.
Depois de lamber e chupar divinamente, me levou a um orgasmo maravilhoso, tanto que, ao mesmo tempo, eu ri e chorei de alegria, torcendo e me contorcendo, entre gritos e gemidos incontidos. Para completar o prazer que senti, eu decidi dar o mesmo prazer a ela.
O que ela me deu, foi uma verdadeira aula de eficiência no sexo oral. Foi doce, safada, conquistadora e me dominou com seu jeito e eu queria recompensá-la, na medida exata. Imaginando e me espalhando em tudo o que eu havia ganho, dei a ela a recompensa, do jeito que havia recebido, aos poucos vi sua respiração ofegar e da boca de início calada, brotaram gemidos delicioso e finalmente o  gozo tomou conta do seu corpo, com a intensidade que eu havia almejado e vi, sem tirar os olhos, a sua vagina contrair, abrir e fechar, deixando escorrer o mel delicioso do orgasmo.
E, eu que pensei que sabia tudo, tive que dar o braço a torcer, sempre há alguma coisa a aprender, um detalhe, um jeito ou simplesmente, um mínimo toque diferente!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"

Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog.

Na Carne Ereta

por H. Thiesen 

Como em fúria senti-o teso
Invadir-se nas minhas entranhas
Tal e qual uma lança
Dilacerando a carne
Derramo prazer e tesão
Do meu rasgo aberto
No meio das pernas
Encharquei-me
E lambuzei por inteiro
O falo invasivo
Que lateja incólume
Dentro de mim
Tentando encontrar o meu fundo
Mesmo assim não me entrego
Certeza eu tenho
Que a carne ereta
Eu venço e a amoleço
Mas, somente depois
Que dela aproveitar
Retirar-lhe o leite
Quente e viscoso
E sobre ela gozar!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"

Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog.

Junto e Mútuo

por H. Thiesen 

Quero te dar todos os prazeres
para que saibas
a loucura que sinto por ti
e nunca me abandones
nem mesmo,
me prives do teu corpo.


Quero gozar contigo,
gostoso, junto e mútuo,
nem antes e nem depois
para que não digas que sou egoísta
e que fiquei com o prazer só pra mim!




--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog.

Gozar assim é loucura!

por H. Thiesen 

Não, não adianta você reclamar! O que eu posso fazer, se você mexe com a minha criatividade e faz passar pela minha cabeça tantas idéias malucas, desde o primeiro dia em que nos encontramos.
Você me perturba, no bom sentido é claro, mas o suficiente para fazer irromper um furacão dentro de mim, ou um iniciar terremoto que abala as minhas mais fortes estruturas.
Ao teu lado o meu ego vai às alturas, sente-se acariciado pelo teu olhar e mistura todos os meus sentimentos, ou seja, mistura um pouco do meu jeito recatado com a luxúria, da minha dignidade com a devassidão, do meu equilíbrio com a perversão, da minha inocência com a malícia. As vezes, isso acontece por poucos momento, por segundos talvez, mas é capaz de me deixar sem respiração.
Continuemos... Eu gosto desse jogo de gato e rato, essa troca de papéis. Cada vez que eu te vejo passo de caça a caçadora, mas logo depois, tudo volta ao normal, para depois virar do avesso novamente. São os nossos malabarismos com os sentimentos, uma brincadeira de sedução, na qual não sabemos quem seduz ou é seduzida.
Ontem à noite, você foi generosa e brindou-me com o teu sorriso, que eu sei ser somente para mim e no teu olhar de gulosa eu desmanchei, no beijo eu viajei no céu da tua boca. O brilho dos teus olhos trouxe-me uma certeza, que eu tenho você com exclusividade. Você é só minha!
Você me perturba, por que eu guardo as nossas imagens e crio outras, guardo os teus cheiros e os teus sabores e nunca os esqueço, se sinto o teu toque e eu quero toca-la. Você me apetece, por que te desejo a qualquer hora do dia, fechada em um quarto ou no sofá da sala, pois pode ser que nada aconteça, mas pode acontecer tudo.
É um mistério, fico magnetizada com a tua proximidade e isso me excita. Meu sexo molha e meu corpo parece querer explodir. Fico imaginando coisas e as minhas fantasias afloram. Quando você está perto, quero a tua pele de encontro a minha, os teus seios amassados em um abraço contra os meus, os teus lábios desvendando a minha boca, a tua língua me explorando e deixando os rastros de saliva gelando o meu corpo. Quando estou ao teu lado, quero a invasão da tua língua, os teus dedos finos caminhando em minha pele, tuas mãos segurando os meus seios, teu sexo lambuzado no meu sexo encharcado. Fico louca e louca de desejos, sou capaz de gozar somente com os meus pensamentos!
Por falar nisso... Existe algo melhor que gozar? É claro que não! O orgasmo é a melhor coisa do mundo!
Sentir aquele frio na barriga, aquela dorzinha gostosa começando e subindo pela espinha, todas as carnes tremendo e os músculos se retesando, ter que buscar o ar e dar-se por conta que o coração vai saltar pela boca e além disso uma vontade enorme de gritar. Gozar é uma sensação de que falta tudo e não falta nada, por que ficamos perdidas e o corpo não está, mas ao mesmo tempo, parece que ele vai implodir. Orgasmo é como uma montanha russa, num instante nos sentimos lá em cima e no outro descendo em queda livre, com o mundo girando em volta e sem tempo nenhum para pensar, perdendo os sentidos e é só... Gozar, gozar e gozar!
Pode me chamar de louca, mas é isso que eu sinto! Deslizar no teu corpo é o meu paraíso, beijar tua boca é como comer minha fruta predileta. Teus seios para mim são duas amoras suculentas, pelas quais eu salivo. Teu sexo é um manjar delicioso, que dá água na boca, só de pensar, o cheiro me enebria e o gosto me enlouquece. E depois... Ah, depois eu tenho tudo isso para mim! Depois que eu te beijo, te sugo e te lambo, é a minha vez de receber. Isso quando não inventamos de ficar uma na outra, com a boca no sexo e o sexo na boca. É covardia, assim o orgasmo é maravilhoso!
Com certeza, quem inventou o orgasmo não é humano! Gozar é divino, é uma coisa dos deuses! Gozar é foda... Literalmente!
É um mistério... Mas você é o próprio mistério e é por isso que me perturba, mexe comigo, talvez essa seja a razão do que eu sinto por você e por isso que eu gozo tanto! Não... Não... Isso é muito pouco, eu entro em erupção!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"

Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog.