A vingança de um boquete

por H. Thiesen

Toda a noite era a mesma coisa, ele me acordava enfiando o pau na minha boca. Não, não que eu não gostasse, mas despertar de um sono profundo, quase engasgando com uma pica afundando na garganta, ninguém merece...
- Puta que pariu! De novo seu tarado!
- Que foi? Não gostou?
- Pelo contrário... Eu adoro isso! Mas você poderia variar de vez em quando!
- Variar como?
- Ora! Me acordar... Lambuzando a tua boca na minha xana!
- É que eu não...
CONTINUE LENDO!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"

Todos os Direitos Reservados

All Rights Reserved

DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog.

Um comentário :

  1. Ahhh sei lá... eu acho isso um pouco egoísmo por parte dos homens...rs...

    ResponderExcluir

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!