Devaneios de um grelo revoltado!

por H. Thiesen 

Chega!
Cansei de viver escondido e apertado dentro da calcinha, sendo maltratado pelo fio-dental!
Afinal de contas, apesar de pequeno, sou muito solicitado! Sou, digamos, importantíssimo e as mulheres não viveriam tão bem, não fosse eu! Para falar a verdade, eu sou a causa e o efeito da gozada! Se o problema é orgasmo... É tudo comigo!
Tem gente por aí, querendo diminuir a minha importância e inventando moda. Querem desvirtuar e falam que existe os tais orgasmos vaginais e quem tem até orgasmo anal. Santa heresia! Pior mesmo, é querer diminuir a minha importância e tentar achar o tal ponto G, que cá entre nós, ninguém sabe se existe de fato ou onde é que ele fica realmente. Tudo abobrinha e teoria.
A verdade é que se faz sexo com a cabeça, claro! Com a minha cabeça, a cabeça do grelo! Isso mesmo, grelo! Ou por acaso alguém, naquela hora, fala com todas as letras: - Chupa meu clitóris!
Aliás, apelidos não me faltam, para uns sou o clitóris, para outros o clítoris, tem quem me chame de botão do prazer e o pior dos apelidos é "pinguelo", horrível! Gosto mesmo é ser chamado de Grelo, com "G" maiúsculo, senhor dos gozos assombrosos. 
Não é a toa que a grande maioria da mulheres chega ao orgasmos pela estimulação clitoriana, chique né? Clitoriana, até parece coisa do século XIX, tempos de reinado da Rainha Vitória! E por falar nela, não existe mulher que não se sinta vitoriosa, depois de um orgasmo monumental. E quem é o responsável? Quem, quem, quem? Euzinho, o tão afamado, querido e maltratado, Grelinho de estimado, mestre das gozadas diabólicas! Se bem que, existe os grelões, mas isso é uma outra história, o que eu posso fazer se eles gostam de aparecer? São uns exibidos!
Ah sei! Irão me perguntar: - Por que maltratado?
Vocês não sabem, como é difícil a vida de um grelo! Tem gente que não tem noção e me lambe com a língua dura, isso para mim é puro sofrimento, coisa para sádicos e masoquista, claro alguns o são e adoram ser torturados, fazer o que, cada um na sua. Fosse somente isso, mas não para por aí, e quando cravam os dentes? Fico tal e qual uma tampa de caneta Bic. Não, não, azul não! Mordido mesmo!
Sou o grelo, o parque de diversão, desde cedo, logo que aparece os primeiros sinais de feminilidade, quando os hormônios afloram e os dedinhos descobrem as suas utilidades.
Vocês sabiam que eu tenho o mesmo tecido erétil do pênis, que fico irrigado de sangue, aumento de tamanho e fico durinho? Não sabe? Ora, usa o dedinho e experimenta! Você vai ver, sou capaz de fazê-la subir pelas paredes! Ou então, pede para alguém me chupar e veja o que acontece!
Ser grelo tem lá suas vantagens, por exemplo, quando aquele órgão dantesco, chamado caralho falha, uma linguinha experiente e uma chupada bem dada , resolve o problema!
Lembrei dele! Se existe um sujeito mal-educado, é esse tal de caralho. Vem para a festa na casa dos outros, lindo, rijo, ostentando potência e vai embora de cabeça baixa, murcho e cansado, ainda por cima deixa tudo cuspido. Já cansei de ficar todo lambuzado com a má-educação dele!
Então, diante de tudo isso, eu mereço ficar em um lugar tão escondido, úmido e escuro?
Claro que não, está na hora de exigir meus direitos, um pouco de ostentação, não faz mal à ninguém. Eu poderia ficar na testa, na ponta do nariz, no queixo. Sim, por que não seria necessário, esperar para usar e abusar de mim. Tudo às claras! Uma coçadinha na testa! Uma esfregadinha no nariz! Uma roçada no queixo! Ficaria facílimo! As mulheres não precisariam das horas propícias para uma boa siririca! Seriam vários orgasmos por dia! Algo corriqueiro, coisa normal do dia-a-dia feminino. Tão natural, como coçar a cabeça, limpar o "salão", coçar o ouvido, opa! Na orelha é um belo lugar, totalmente estratégico. Imagine-me na sua orelha, no lugar do lóbulo, seu namorado chupando a sua orelha e você gozando desesperadamente!
Não, não não! Não aceito de maneira nenhuma que diminuam a minha importância ou, que tentem competir comigo, gozo vaginal, gozo anal, etc e tal, é coisa de cientista, lorota de pesquisador.
Porque eu sou o pontinho mais tesudo do corpo de uma mulher e, gozo gostoso... somente eu para dar, com pau ou sem pau!
Ok, ok... Acharam que eu esqueci? Como eu poderia? Lógico, sou tesudo mesmo e também posso ser grelo, grelinho ou grelão! Na maioria das vezes sou o do meio, nada muito exagerado e nem muito escondido. Mas também posso ficar ali, lindinho e faceiro, pequenino entre as carnes e nem por isso menos tesudo. E olhem, quando sou grelão é de saltar os olhos, fico com aquela ostentação, exibido e furando a calcinha. Todos os meus tamanhos são válidos, mas ser grelão é uma aventura, até na praia tenho que me cuidar e acreditem, muita gente correu pra longe de mim!
Tenho dito!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"

Todos os Direitos Reservados

All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog.

2 comentários :

  1. Ui que delicia!

    Beijos anginhos.

    http://anginhasexy.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Afa! Tesão...

    яυgı∂σs ρσétι¢σѕ ∂α ℓєσα
    =';'=

    ResponderExcluir

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!