No Meio das Pernas

por H. Thiesen 

Desligo as luzes
Acendo velas
Incensos para perfumar
Rasgo a tua roupa
A pressa é visível
O desejo inadiável
Deito-me na cama,
Sobre lençóis de seda
Estende teu corpo sobre o meu
Beija-me na boca
Passa-me a mão no corpo
E tua língua no meu ouvido
Brinda-me com sensações
Explora os meus sentidos

Eu sou toda instintos
Em cada parte uma surpresa
Na boca a ardência
Nos seios a volúpia
Nos bicos arrepios
No sexo a vontade
Sou toda indecência

No centro das minhas pernas
Recebo ansiosa a tua virilidade
Sente o meu prazer,
Quero também fazer-te sentir
Galopa os teus desejos
Dentro das minhas entranhas
Segura os meus cabelos
Aperte os meus seios
Sua junto comigo
Geme e ouça os meus gemidos
Enquanto vai e vem dentro mim

Agora estou por cima
Cavalgando com bravura
Subo e desço com prazer
No teu membro viril
Minhas mãos sobre o teu peito
Dilacera as tuas carnes
Deixo em ti as minhas marcas
Te arranhando com as unhas
Vejo dentro dos teus olhos
O prazer que te aflora

E ao gozo nós chegamos
Nos entregamos à ele
Corpos suados e  cansados
Deleitando esse momento
Te lambuzo com meu mel
Me lambuzo com tua seiva
Mistura de macho e fêmea
Que se amaram com luxúria
O meu prazer foi imenso
E o teu?

© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"

Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog.

Belas, gostosas e...
DOTADAS!
Clique aqui!

2 comentários :

  1. O meu prazer foi ser o teu
    Sentir o cerne do teu ser
    Ver esses teus seios brancos
    Lindos de cume rosado e duro

    O prazer foi meu
    Porque soube levar-te lá
    Ao nosso céu, onde reviraste o olhar
    A cada investida minha

    O prazer foi meu porque és minha
    E vou comer-te, foder-te, amar-te
    Escolhe tu o que queres de mim
    Ou queres tudo, mas à vez

    O prazer foi meu porque cavalgas-me
    Com aquela precisão
    Porque o fazes com força
    E sabes o que queres

    O prazer foi meu
    Porque gemes tanto
    E gritas o meu nome
    Vem-te para mim...

    ResponderExcluir
  2. Hmm... Um poema muito erótico ....

    paz e amor
    1ManView

    ResponderExcluir

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!