Pela porta entre-aberta!


por: Lena Lopez

Recentemente, a empresa havia me transferido da subsidiária em Nova Deli, para a matriz em Londres, eu ainda em fase de adaptação à cidade, estava morando com uma amiga de trabalho, Maryane. Ficava pouco em casa e minha vida se resumia a muitas viagens, entre o Canadá e a Inglaterra. Em uma dessas viagens, depois de voar de Vancouver a Quebec, atravessar o Atlântico e chager a Londres a tardinha, fui direto para casa, cansada e exausta, tomei um banho e me atirei na cama e em completo estado de letargia (duvido que alguém conseguisse me acordar naquele dia). Acordei de madrugada, perdida, não sabia onde estava e quem eu era, acendi o abajur, olhei o relógio, eram 02:43h, havia dormido oito horas e meia.
Sentei na cama, procurei os chinelos, enquanto os procurava, ouvi gemidos na sala, para falar a verdade, eram gritos de alguém fazendo sexo e gostando muito.
- Puta que pariu (pensei)! Maryane não sabe que eu voltei e está na sala com o namorado!
Que tortura, a coisa rolava solta na sala, cada vez mais quente e empolgado.
Deitei-me novamente, mas não conseguia mais dormir, os gemidos e gritinhos aguçavam a minha curiosidade, me excitei e comecei me imaginar fazendo sexo, um desejo súbito de ir para o meio dos dois, veio-me a mente. Os sons que vinham da sala eram deliciosos, levantei, fui até a porta, tentei escutar melhor. Não resisti e abri uma pequena fresta.
Paul estava com a cabeça entra as pernas de Maryane, ela deitada no sofá com as pernas para cima, totalmente abertas. Ele a sugava com intensidade e ela se contorcia de tesão. Depois subiu aos seus seios, sugou-os, primeiro um, depois o outro. Vi a bunda deliciosa daquele homem musculoso, as suas costas largas, me sarurei de tesão.
Continuei espiando, ele a penetrou e depois comeu-a com fortes estocada. Ela gemia e gritava, suas mãos corriam pelas costas dele, deixando as marcas das unhas, sua pernas se cruzavam sobre a deliciosa bunda masculina e a comprimia, querendo que a penetração se fizesse mais profunda. Beijaram-se, lamberam-se. Durante todo o tempo ele passeio com a sua lingua sobre os seus olhos, sobre o seu pescoço, sobre os seus seios e a cada espaço de tempo pedia a ela mais um beijo.
Trocaram de posição, ela escorada sobre o encosto do sofa e colocada de quatro, ofereceu o seu ânus a ele. Sem se fazer de rogado, ele entrou com força e violência, suas mãos seguravem os ombros dela e a puxavam para ele. Os seios volumosos de Maryane, balançavam sob o seu corpo dominado pela vontade daquele homem lindo e delicioso.
Comecei a me masturbar, lancei meus dedos sobre meu clitoris em movimentos ligeiros e insistentes. Não me atrevi a um gemido ao menos, calada e excitada continuei assistindo a deliciosa cena de sexo.
Imaginei-me entre eles, sorvendo a vulva de Maryane, mordiscando-lhe o clitoris com meus lábios, lambendo os testículos de Paul, presenciando de perto aquele sexo anal, vendo o pênis entrar e sair daquelas entranhas. Minha vagina escorria, minha mão lambuzou-se, gozei.
Tiive a impressão de ter sido notada por Maryane, em uma fração de segundos, achei que ela olhava-me por entra a fresta da porta, busquei seus olhos, pareceu-me que não, havia sido apenas impressão. Quieta e aliviada permaneci espiando, Paul continuava sodomizando Maryane, ela masturbava-se com uma das mãos, o ritmo deles era acelerado e denunciava que os orgasmos estavam próximos. Ela urrou e gozou apertando sua vulva e abraçãndo seus seios. Paul saiu de dentro de Maryane, ela se virou e abocanhou o pênis e ele gozou em sua boca, lambuzando seu rosto e seus seios. Ela sugou tudo, até que não houvesse mais ereção.
Com cuidado fechei a porta, deitei novamente e dormi. Acordei pela manhã, Maryane tomava um café novo e quente, dei-lhe bom dia, fui ao bule e servi uma xícara para mim, ela me olhou, sorriu e me disse:
- Gostou do show? Safada, saber que você me olhava, deu-me muito mais tesão!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"

Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!