Quero ser comida de todos os jeitos!


Um lenço negro cobria-me os olhos, eu apenas sentia o teu perfume e o calor da tua presença. O hálito quente do meu rosto denunciava a tua proximidade e para me dar certeza disso, a tua boca beijou a minha. O gosto da tua saliva despertou o meu desejo, o mistério me envolvia numa penumbra deliciosa e uma torrente de calor tomou conta do meu corpo. Tua língua lambeu-me nos lábios, depois invadiu-me a boca e buscou pela minha, juntas travaram um duelo, qual serpentes em uma batalha agressiva antes do coito.
As tuas mãos sobre os meus ombros puxaram-me para o teu peito, teu perfume entrou pelas minhas narinas e e minha boca encontro tua pela, minha língua não esqueceu de deixar um rastro de saliva. Continuaste a conduzida pelo teu corpo abaixo, até sentir o calor e a dureza do teu...

CONTINUE LENDO


--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"

Todos os Direitos Reservados

All Rights Reserved

DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS

Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!