Transa Perfeita

por Lena Lopez 

Hoje eu quero uma transa perfeita, com muito amor e carinho. Enfim... Quero fazer amor!
Nós somos gente que pensa e que sente, não somos irracionais e meros animais. Pode ser que as vezes fazemos sexo por sexo e nos damos ao luxo do prazer por prazer, porém hoje... Eu não quero transar sem amor.
Não, não me adianta nada, o sexo puro e instintivo, eu preciso amar e nisso, eu insisto e persisto.
Deite-se na minha cama, feche os seus olhos e deixe a fantasia fluir.
O beijo na boca, a língua na pele, as mãos pelo corpo.
Deixe que se rompam as fronteiras carnais e seja possível viajar no sentimental.
Depois dos carinhos e muitas carícias das nossas preliminares, dos beijos ardentes e da prova dos sexos, é a hora da nossa completa união.
Cavalgo o teu corpo, com todo o meu jeito, de um modo quase perfeito. Minhas mãos no teu tórax, estabelecem meu apoio e vão ao teu rosto, desenhar seus caminhos.
Deito no teu peito e roubo teus beijos e selo teus olhos com outros beijos. Calo a tua boca, que está a gemer, pousando sobre ela meus lábios, molhados e quentes.
Enrosco a minha língua na tua, misturo as nossas salivas. A cena é quente e amorosa, eu começo a tremer.
Vou descendo minha boca e passo ao teu peito, me enrolo nos teus poucos pelos, mas provo o teu suor.
Alcanço os mamilos, durinhos como os meus e mordisco-os com prazer!
Ouço os teus gemidos e teus ais, você parece chaleira chiando, deixando escapar pela boca, o tesão de me amar.
Sinto estou te melando e você, enquanto eu subo e desço, saindo e entrando, ao ponto de deixar teu leite vazar.
Tenha calma. Vamos devagarinho, segura o teu gozo, que eu também estou próxima, quase gozando.
Com carinho, deixo você escapar e de caso pensado te premio com a minha retaguarda.
Sento devagarinho e com todo carinho para não machucar.
Enquanto te recebo no meu recanto mais bem guardado, meus dedinhos nervosos, satisfazem os meus anseios.
Agora, vamos a luta, quero senti-lo no fundo, me dê uns minutos, para acostumar.
Tudo bem, está liberado, mas vamos com calma no vai-e-vem.
Sinto teu leite brotando nas minhas entranhas e meu mel eclodindo em meus dedos.
Que delícia é amar desse jeito, me faz flutuar.
Sou a tua mulher e você é meu macho, que me satisfaz com uma transa mais que perfeita, nosso modo ímpar de amar!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"

Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!