Um Tributo ao Boquete


por H. Thiesen 

O teu sabor é meu doce martírio, enquanto eu agasalho o brilho do teu sabre na bainha da minha boca e que me faz uma engolidora gulosa e voraz. E massageio a espada, com jeito dócil e frenético, o objeto da minha perdição, nas lambidas de cima para baixo e que o fazem pulsar entre os meus dedos.
Delirante estremeço, na frente do falo crescente, que pouco que resiste aos toques refinados e mimos da minha boca, que torna-se cheia de carne viva, um agasalho da...

CONTINUE LENDO!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"

Todos os Direitos Reservados

All Rights Reserved

DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!