Delírios Noturnos

por Lady Elle

Eu estava com muito calor naquela noite, o dia foi exaustivo e sentia-me extremamente cansada, deixara as janelas do quarto abertas e o lençol que me fizera companhia, eu jogara a chão, no lado da cama. A camiseta velha e puída, que vestira para dormir, já estava úmida de suor, não resisti, arranquei-a e joguei-a longe, contra a parede. Eu ficara totalmente nua sobre a cama, sem nada a proteger meu corpo. Senti uma brisa entrar pela janela e gelar a minha pele suada, somente depois de revirar por muito tempo na cama, conseguira adormecer.
Tive uma noite agitada. Senti calafrios e pressenti sombras no meu quarto. Eu dormia, suava e acordava, o meu sono era totalmente inquieto. A sombra vinha de algum lugar e colocava-se ao lado da cama, me observando. Eu queria me virar para ver quem era, mas não conseguia, um peso em minha cabeça, parecia não deixar eu me mover.
Achei que era Julia, minha companheira de quarto, que como eu, não conseguia dormir devido ao calor. Provavelmente, o meu cansaço, estava cooperando para que eu imaginasse coisas.
De repente senti mãos fortes acariciando os meus ombros. Era um toque firme e ao mesmo tempo macio, como alguém que sabia dar carinhos experientes aos corpo nu de uma mulher.
As mãos percorreram o resto do meu corpo, saboreando cada milímetro da minha pele. Senti lábios quentes beijando minhas costas e subindo pela minha espinha, até passearem no meu pescoço, na direção da minha orelha, causando-me um arrepio profundo, que percorreu todo o meu corpo, como uma corrente elétrica. As mãos deslizaram pela minha barriga e alcançaram meus seios, segurando-os com força e movimentando-os circularmente. Um enorme calor tomou conta de mim, deixando-me em dúvida se aquilo que eu sentia, era sonho ou realidade.
Senti o calor de um corpo nu deitar-se às minhas costas e um membro duro entrar na carne e vibrei com esse prazer único. Aquela virilidade pressionava-me e as mãos fortes seguravam meu corpo, até que finalmente me invadiu. Não senti mais espaços e me vi unida, transpirando de tesão. Mesmo naquele estado, não sei se dormindo ou acordada, entreguei-me àquele prazer indescritível.
Junto à minha orelha eu ouvia a respiração ofegante e no meu sexo, estocadas implacáveis. Fiquei perdida entre o sonho e a realidade, apenas suspirava e deixava-me ser possuída.
A mão esquerda enlaçava a minha barriga e ao mesmo tempo me masturbava. A mão direita passava por baixo do meu corpo e apertava meus seios, do jeito que eu gosto que sejam apertados. Naquele momento, tudo era mais do que um simples prazer, mas um tesão extremo pelo desconhecido e minha excitação elevou-se ao ápice, meus gemidos tornaram-se altos e meu corpo ficou estremecido.
Dentro de mim, o membro tornara-se mais selvagem e me estocava meu sexo com violência, as mãos me seguravam e me masturbavam e um púbis batia incauto nas minhas nádegas. Quanto mais violento era o ato, mais eu gemia e gritava, mais eu forçava o meu corpo para trás, para sentir a penetração mais profundamente.
Enfim, totalmente entregue àqueles prazeres carnais, abandonei-me a um orgasmo incomparável, sentindo dentro de mim, estocadas cada vez mais forte e depois o pulsar do membro, jorrando a sua seiva nas minhas entranhas.
Pela manhã, quando acordei, sentia-me satisfeita, como se tivesse feito sexo prazeirosamente. Olhei em volta, Julia dormia na outra cama. Levantei e sem fazer barulho, fui tomar um banho. Desejei que na noite fosse igual aquela.
- Bom dia! - Disse-me Julia ao me ver sair do banheiro.
- Bom dia!
- Por que essa carinha tão feliz?
- Júlia, eu tive um sonho delicioso!
- Eu sei, você não me deixou dormir, parecia que estava trepando com alguém!
- O que?
- Sim, rebolava, mexia, gemia e gritava como uma doida!



--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"

Todos os Direitos Reservados

All Rights Reserved

DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!