Lambuzada e Latejante

por H. Thiesen 

Bate na minha bunda
Me deixa cheia de marcas
Me chama de vadia
Cretina e vagabunda

Me dá a tua vara
Quero chupar gostoso
Enfia na garganta
Teu membro duro e grosso

Eu sento na tua cara
Te lambuzo de mel
Quero a tua lingua
Lambendo a buceta

Me diz que sou tua puta
Me trata como tal
Mete no meu fundo
E me come bem comida

Eu mexo para você
Rebolo os quadris
Te levo à loucura
Enquanto entra e sai

E nesse vai e vem
Agarra e enrosca
Mexe e remexe
Nosso tesão aumenta

Comigo lambuzada
Contigo latejando
Prontos pro deleite
O nosso ritmo esquenta

Nesse duelo de prazer
Comemos um ao outro
Nada mais há a fazer
A não ser gozar como dois loucos!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"

Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!