Tesão à flor da pele!

por H. Thiesen 

Clitóris ardentes,
Turbilhão de desejos,
Pecados carnais,
Corpos lascivos
Da carne rompe um fogo
E arde na flor concupiscente
Colorindo de sangue vivo
Aonde derrama-se a libido
O tesão à flor da pele
Nos lábios mordentes,
Com arrimo da língua invasora
Convulsiona, torce e retorce
Aos sussurros, gemidos e gritos
O amor, a paixão, o anseio
A fome, a sede e a cobiça
Passam de uma à outra
A troca de líquidos
O mel e a saliva
Boca nervosa
À provar os sabores
Sexo inundado
À prover de néctares
Língua atrevida
Quase cruel, serpenteia
E a flor flamejante
Desabrocha e escorre tesura
Os seios singelos e duros
roçam na pele
Do corpo tomado de ímpeto
Fluem aromas
O sexo entre as duas
É um ópio, um vício
Uma loucura incessante
Do preâmbulo ao termo
E as duas em sopor
Deliciam exaustas
O orgasmo perene
Cessar e abrandar

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"

Todos os Direitos Reservados

All Rights Reserved

DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!