Secos e Molhados

por H. Thiesen

Foi para cama, fez de tudo, das preliminares ao orgasmo e então, jorrou... molhou a cama e o amado! 
Quase morreu de gozo, mas com a vergonha não sabia o que fazer! Pensou que era xixi e, que devido ao ânimo exacerbado daquele instante apaixonado e ardente, escapara sem querer!
Corou, confundiu-se, enrolou-se no lençol molhado, enfiou a cabeça no travesseiro e reprimiu o que fora, até então, o seu melhor momento de prazer!
Não sabia o que era, nem de longe imaginava que ejaculara, pois pensava que ejaculação é coisa de homem!
Depois dessa vez, num momento de amor solitário, outra a sucedeu e ela deixou-se jorrar. Percebeu pois, que gozara como nunca!
- Nossa (pensou ela), se gozar assim é tão bom, pois que meu gozo se lance de mim!
Nunca mais sentiu mais vergonha, a cada um dos espasmos, ela jorrava, tal e qual um chafariz e gozava. Gozava como uma louca!
Até hoje é assim, ela aproveita ao máximo todos os orgasmos, sejam eles, secos ou bem molhados!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog.

LINKS RELACIONADOS - CLIQUE PARA LER:


Tetê, linda e gostosa!
Safada e Depravada
Contra a Parede!
Loucuras e Gemidos

Nenhum comentário :

Postar um comentário

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!