Devassa


por H. Thiesen 

Olhe-me de alto a baixo,
Deixe as tuas fantasias fluírem
Não reprima os teus desejos
Deixe-se excitar
Sinta o teu coração no peito
Bater forte e descompassar
Toque-me com ousadia
Sinta a minha pele macia
Junte os dedos ao teu olhos
E percorra o meu corpo
Beije-me na boca
Envolva-se com volúpia
Ouse sentir as minhas delícias
Renda-se as minhas carícias
Entregue-se a mim, agora
Arranhe a minha pele
Segure os meus seios
Idolatre o meu corpo
Explore a minha gruta
Inebrie-se no meu néctar
Sorva-me a seiva
Leve-me à loucura
Dando-me o teu prazer
Deleitando-te em meu corpo
Saboreando-me sem juízo
Faça-me devassa
Faça-me gozar
E goze comigo!

© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog
.

Belas, gostosas e...
DOTADAS!
Clique aqui!

3 comentários :

  1. Boa tarde é dificil achar-te ou receber tua visita, então mais um poemas para voce, tenha uma linda tarde , beijos !!!

    http://almeidalucius.blogspot.com.br/2017/02/vicio-sodomita_3.html

    ResponderExcluir
  2. Ame seu poema ... Quente e lustful .... Grande GIF também ....

    paz e amor
    1ManView

    ResponderExcluir

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!