No Calor da Cama!

por H. Thiesen 

Nos conhecemos na adolescência, nos tornamos amigas, dividíamos a classe da escola, depois frequentamos a mesma faculdade, mas como tudo na vida é passageiro, ela seguiu o seu destino e eu fui morar na Europa e sempre que podíamos, nos encontrávamos durante as férias de uma ou da outra.
Marina virara uma mulher linda, , morena, alta e sensual, com detalhes que a diferenciavam e chamavam a atenção: seios deliciosos e uma bunda maravilhosa.
Nas minhas férias em 2004, vim ao Brasil e como não poderia deixar de ser, me hospedei em seu apartamento no centro de Porto Alegre.
Era inverno, dormíamos juntas, muitas vezes abraçadas, principalmente quando estava muito frio. Também notava, que dia ou outro, ela apertava um travesseiro entre as pernas, dando-me a sensação de que estava excitada. Minha imaginação voava em direção à sacanagem, ao ponto de ficar totalmente molhada.
Alguns dias antes de voltar para Londres, já deitadas na cama, assistíamos um programa na TV à cabo e resolvemos dar uma espiada no canal de sexo explícito. Uma das cenas era de lesbianismo, duas loiras americanas faziam um pega alucinado e, de repente, o clima do filme impregnou a cama.
Um cheiro característico emanou sob as cobertas. Um cheiro forte, somatório dos líquidos que molhavam as nossas calcinhas. Na tela, as duas loiras se entregavam inteiramente, os olhos de Marina brilhavam e sua respiração tornara-se um pouco mais intensa, instintivamente, ela apertava uma almofada nas coxas. Peguei um travesseiro, coloquei-o entre as pernas e  abracei-a pelas costas. Conforme o filme evoluía, meu abraço ficava mais apertado e inadvertidamente, devido ao clima do momento, minhas mãos ficaram mais ousadas:
- Que é isso, menina? - perguntou-me Marina.
- Não sei, acho que estou com um atraso enorme! – Respondi-lhe e logo depois dei uma gargalhada.
- Conta outra, você nunca ficou sem sexo!
- Não, honestamente, já faz quase três meses que estou à seco .
Marina então virou-se na cama e me abraçou e me apertou, senti os seus seios duros contra os meus e sem dar-me qualquer tempo, me beijou. Sugava e mordia a minha boca e invadia-me com a sua língua, creio que com a mesma intensidade que ela assistira no filme alguns minutos atrás e estava com tanto tesão quanto eu.
Numa fração de segundos, como duas loucas, livramo-nos das poucas roupas, enquanto riamos muito com a situação.
Estávamos nuas e nos acariciando. Não era a nossa primeira vez com uma mulher, tanto ela como eu, já havíamos experimentado, mas como amigas, nunca ousamos tal coisa entre nós.
Entrei para baixo das cobertas, beijei seus seios, lambi e suguei seus mamilos e depois desci lambendo a sua barriga, até me instalar entre as suas coxas. O calor embaixo das cobertas era insuportável e o cheiro de Marina entrava-me pelas narinas, um misto do seu perfume preferido, com o odor de uma mulher excitada. Acariciei-a com os dedos levemente, afastei os lábios vaginais e o clitóris exposto se ofereceu a minha boca.,Lambi-o, suguei-o e apertei-o suavemente com os meus lábios, fazendo Marina gemar de tesão. Ela estava totalmente molhada e seu líquido escorria com abundância, deixando-a completamente lubrificada e possibilitando carícias delicadas. Saboreei aquele mel delicioso e a fiz contorcer de prazer. Não contente, invadi-a com a língua, tentando buscar o mel que restava dentro das suas entranhas. O calor e o sabor do seu sexo, deixaram-me extremamente excitada. Joguei as cobertas ao chão, o calor que nossos corpos sentiam, tornavam-nos incapazes de reagir ao frio que fazia e virando ao contrário dela, encaixei a sua cabeça entre as minhas pernas. Fizemos um sexo oral mútuo e arrasador e gozamos como duas desesperadas, diante dos nossos orgasmos intensos e avassaladores. Posso dizer que eu gozei como nunca havia gozado antes, em toda a minha vida.
Repetimos tudo, algumas vezes, durante aquela semana e na última noite que eu ficaria no Brasil, foi e é ainda, para mim, inesquecível!


--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog
.

Um comentário :

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!