Só penso em sexo!

por H. Thiesen

Quando chega à noite, eu deito na cama à tua espera.
O meu pensamento se torna atrevido
Lembro o teu corpo com toda a malícia. Crio fantasias e sonho sonhos muito molhados.
Imagem cedida por JORDANATELLES.COM.BR
Deitada na cama, eu viro e reviro entre os lençóis e só quero você!
Mesmo cansada, perco o sono e a minha mente me trai, torna-se lasciva e fico fora do meu próprio controle.Penso somente em você, no negro da noite dos teus olhos, no teu sorriso maleva, que se tornam venenos e me fazem te desejar. Meu corpo incendeia e te quero comigo. Enlouqueço e viajo para um mundo de fantasias, onde existe somente o prazer do encontro de dois corpos.
Sei que estou sozinha, mas é como se você estivesse ao meu lado. Meu desejo por você é tamanho, que me faz sentir a tua presença. Sinto o teu cheiro entrar pelas minhas narinas e o sabor da tua pele se faz presente.
Lembro cada um dos detalhes do teu corpo, o bronzeado da tua pele contrastando com a minha, teus cabelos longos e escuros grudando no meu suor e entrando em minha boca durante o nosso beijo e nossas carícias. Sinto tua língua invadindo a minha boca, procurando pela minha e me arrepio com a lembrança da tua saliva em minha pele, deixando rastros frios pelo meu corpo quente. Meus seios se eriçam ao lembrar dos teus beijos sobre eles ou da tua língua lambendo meus mamilos e os teus dentes os mordiscando.
Corre-me um frio pela espinha, quando me lembro das tuas carícias ousadas sobre meu ventre, descendo pelo meu umbigo e passeando pelas minhas virilhas.
Fico louca de tesão quando lembro da tua boca envolvendo o meu sexo, brincando com meus lábios e lambuzando-se do meu mel.
Deliro ao imaginar o prazer que sinto quando nos amamos, quando nos damos prazer mutuamente. 
Meu corpo fica febril a lembrar-me acariciando teu corpo, descobrindo e desvendando cada uma das tuas partes e descobrindo cada um dos sabores em cada um dos teus pedaços com minha boca.
Vejo-me como uma abelha sedenta à vasculhar uma flor ou como uma criança lambuzando-se com um doce mais do que desejado e salivo fantasiando o sabor da tua parte mais molhada em minha boca.
São instantes solitários e mágicos, que me fazem extravasar o meu desejo e toco-me desesperadamente e não consigo controlar os movimentos frenéticos das minhas mãos e dos meus dedos. É  um tesão absurdo e um desejo imenso de ter você ao meu lado, para matá-los e saciá-los.
O suor escorre do meu corpo, me encontro entre lençóis revirados e revoltos, abraço  o travesseiro de encontro aos meus seios, tentando suprir a tua falta, tenho necessidade do teu toque, do teu beijo e do teu corpo. Meu corpo retesa-se e depois estremece, sinto espasmos intensos. Transformo as minhas mãos nas tuas e aperto-as contra meu púbis, os dedos não param, dedilham e invadem. A minha respiração torna-se ofegante, meu coração perde o compasso, molho-me generosamente entre as pernas e...
Não aguento, impulsivamente grito e gozo!
Deixo-me relaxar, acaricio meu próprio corpo. Deito de lado e encolho-me na cama. Estou um pouco aliviada, mas ainda sinto a falta do teu corpo, preciso de você. Adormeço.
Sinto-me abraçada, um beijo no meu rosto. Estou sonhando!
Abro os olhos... Você chegou! Agora posso tornar realidade todas as minhas fantasias!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog
.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!