Fode assim...

por H. Thiesen 

Fode assim,
na minha carne nua,
sem nenhum pretexto,
eu já te espero nua.
Fode assim,
o meu corpo suado,
sem falsas promessas,
só desejo obstinado.
Fode assim,
com virilidade,
diga-me indecências
e obscenidades.
Fode assim,
sem nenhum rodeio,
mete no meu fundo,
sem nenhum receio.
Fode assim,
com força e ardor,
sem nenhum carinho,
com todo furor.
Fode assim
mata os teus anseios,
na frente ou atrás,
ou meio dos seios.
Fode-me assim,
no fundo da garganta,
na buceta e no cu
que eu nunca fui santa.
Fode assim
do jeito que eu quero
e me faça gozar,
como eu espero.
Fode assim,
na cama ou no chão,
na mesa ou sofá,
apaga o meu tesão.
Fode assim,
deitada ou de pé,
se eu te cavalgar
me faça tua mulher.
Fode assim,
sem pena e cuidados,
pois o prazer é a cura
dos meus machucados.
Foda-me assim,
o meu corpo implora
por tesão e gozo,
Foda-me agora!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog
.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!