Contra a parede!

por H. Thiesen 

No calor do momento,
No nosso toque sedento
Sinto uma loucura
Um desejo impensável
É como um sonho,
Uma fantasia
Uma imaginação
Mas te sinto em mim
Num ritmo incessante
Num movimento cadente
Uma vontade insana
Um tesão desmedido
Te tenho inteiro
No interior do meu sexo
Fazemos amor
Não...
Fodemos, apenas fodemos
Na sala escura
Na parede fria e dura
Meu gemido perdura
Teu vai e vem não cessa
De repente um calor
Eu tremo, arrepio e esqueço
O resto do mundo
E grito
Externo o gozo do meu corpo
E sim... Sinto teu jorro!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog
.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!