Derramando de Prazer

por H. Thiesen 

Abro as pernas
e toco-me muitas vezes.
Meus dedos satisfazem
todos os desejos e anseios.
Exploro, mexo e remexo,
cada dobra e pétalas da flor.
Tão escondida e úmida
De maneira insistente
Ardente e intenso
Meu tesão não sei contê-lo
Posso gemer bem alto
Libertar os meus gritos
Nada me importa
Nem paredes com ouvidos
Sinto cada toque
Despetalo a flor
Me invado e lambuzo
Escorro de prazer
O meu corpo languido
Minhas pernas abertas
Os dedos invasivos
Em abusivo ardor
Estremeço meu corpo
O coração vem à boca
No meio das pernas
Um calor, uma dor
Me derramo em gozo
Supro os meus desejos
Se não todos eles
Pelo menos os urgentes!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog
.

Um comentário :

  1. HAUHAUHA Adorei o Desejo Urgente do final do texto. rsrs.. É isso mesmo, quando o tesão bate, a gente tem que se aliviar de alguma forma... É de deixar louco. AHUHAUHAUH

    Beijos.

    ResponderExcluir

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!