Sedenta e Faminta

por H. Thiesen 

Diante das veias pulsando 
Do membro rijo e quente,
Aplaco as minhas vontades
A fome e a sede insaciáveis
Como um  privilégio
Com o gosto de sexo 
E o sabor do amar
Beijo e lambo
Sugo e engulo
Gulosa eu fico
Eu como e bebo
Provo, degusto e aprecio
Por fim me delicio
No teu falo
O gosto do teu gozo
E para ti eu dou
Todo o mel 
Que escorre de mim!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog
.

Um comentário :

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!