A Leitora de Malícias

por H. Thiesen 

Ela tange os olhos
No poema sutil
Busca no espaço
Entre as linhas divagas
Fantasia e deleite
Ela quer sonhar
No verso subtil
Ela lê na malícia
E no espanto... a luxúria
Se faz em seu corpo
Ela deseja
Se afasta do pejo
Apaixonada, surpresa
Incendeia e inunda
Semeia na mente o tesão
Ela fala com o poema
Silábica, profunda
Ela arfa e geme
Hummm!
Ela pensa...
Eu quero!
Desce pelo seu corpo
A mão é descalça
Na pele
Nos seios
No ventre
A procura do bosque
E da fonte de água fervente
Um torvelinho
Sente no corpo
Logo mais
É furação
Cobiça
Ela é puro tesão
As linhas... a atiçam
As palavras... a movem
Nas rimas, na cadência de cada verso
No teor de cada frase
E no calor de cada parágrafo
Ela molha
Lateja
Estremece
O momento é poético
Uma simbiose
A poeta e ela
Pensamentos
Sentimentos
Palavras
Com a poesia
Com a proza
ou com a rima
Ela goza!

Dedico este poema a todas as meninas que me acompanham 
e me lisonjeiam com suas presenças em meu blog!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog
.

Um comentário :

  1. Boa Tardeeee!!!

    ___Gaúcha Linda!!! Deliciosamente a pedido da Minha alma ...
    Descortinei meus sonhos,
    dissipei meus pensamentos,
    liberei minhas emoções
    Para novamente Te Ler...!
    Bjooos do Meu no Teu Coração!

    ResponderExcluir

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!