Teu olhar profano!

por H. Thiesen 

Nos encontramos em uma festa de aniversário, conversamos, dançamos e trocamos olhares sensuais. Um louco desejo se tornou evidente e a cada vez que nossos corpos se aproximavam a volúpia crescia mais e mais. Você uma mulher linda e elegante, ele um homem belo e musculoso. Sua voz suave exercia em mim uma atração enorme, os olhos dele me fascinaram e me convidavam para momentos de prazer. Eu via em você um desejo ardente de me entregar o seu corpo e nele eu notava a vontade de vê-la em mim. Foi fácil para mim deseja-los, ter em mim o prazer de um sexo completo e unir a doçura à virilidade.
Não havia saída, tínhamos que nos consumar. Eu estava longe de casa, você e ele não podiam levar-me para casa, enfim, um quarto de motel foi a nossa escolha. Uma suíte linda, uma cama redonda, uma piscina, luzes e lençóis de seda.
Tomamos um banho e tive a oportunidade de admirar seus corpos, as espumas fazia-nos deslizar por entre um e outro. O cheiro, suas mãos me acariciando, meus seios deslizando sobre os teus e o peito dele, nós três em um único abraço. Eu senti a maciez de suas pernas em mim e ao mesmo tempo senti o membro potente dele entre nós duas, quente, rígido. Abracei-os, deslizei minhas mão por suas costas, acariciei tua bunda e curiosa não pude deixar de agarrar aquele pênis que instigava meu corpo, e espetava meu ventre. Você debruçada sobre o peito dele, puxou-me para si e me beijou, senti a tua língua invadir a minha boca, me entreguei, deixando-me provar o gosto de um pecado delicioso. Saímos, nos secamos. As toalhas macias e as mãos exploraram nossos corpos, eu em você você em mim, e nossas mãos secaram o corpo dele.
Fomos para cama, ele nos deixou e enquanto nos observava, nos entregamos uma a outra. Deitamos e nos beijamos, depois senti a tua boca deslizar pelo meu corpo, descer aos meus seios, sugar meus mamilos, beijar minha barriga, lamber meu púbis depilado e liso. Tua língua me explorou, me invadiu, retirou de mim o mel de uma fêmea em cio. Abri minhas pernas e deixei que me tomasse por completo, exibindo para você o que eu tenho de mais secreto. Eu estava úmida, excitada, pedi para você não parar. Senti a tua boca quente envolver meu sexo, enquanto a tua língua me penetrava profundamente. Você fechou os lábios, encontrou meu clitóris e o sugou, minha excitação aumentou fazendo derramar-me em tua boca. Segurei os teus cabelos e te puxei para mim, trouxe você a minha boca, provei o meu gosto, limpei a tua boca. Escorreguei para os teus seios, dei o melhor de mim para te dar prazer desci para o meio das tuas pernas e sorvi você com uma paixão louca, teus pelos macios e aparados acariciavam meus lábios, por entre eles descobri teu clitóris e dei-lhe carícias com minha língua quente e macia. Penetrei minha língua em tí, provei você, bebi você, me lambuzei em ti. Você se virou, buscando o meio das minhas pernas e deliciosamente nos entregamos uma à outra, duas bocas, duas vulvas molhadas e sedentas. Os movimentos se aceleraram, os quadris se contorceram, as nossas respirações se tornaram ofegantes, gemidos de prazer escapavam e ecoavam por todos os cantos do quarto. As bocas quentes, a excitação completa, os líquidos e as salivas misturadas, anunciavam que a hora do orgasmo chegara. Gozamos intensamente, gozamos uma na outra. Subi e beijei cada parte do teu corpo até alcançar a tua boca. Nos abraçamos e nos beijamos cálidas e sensualmente.
Senti então, respingos quentes sobre as minhas costas e minhas nádegas , notei teus seios lambuzados por um líquido viscoso. Havia me esquecido dele, ele havia nos observado o tempo todo com o seu olhar profano e finalmente satisfeito, deixou escapar seu gozo sobre os nossos corpos cansados, o qual nós duas sorvemos para nos deliciar finalmente com aquele gosto de orgasmo de macho!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog: PENSAMENTOINDECENTE.COM
.

2 comentários :

  1. O gosto do orgasmo de um macho... hummm sem dúvidas é uma gostosura!!
    Lena, passando para desejar-te uma excelente semana, que ela seja transbordante de coisas boas!!
    Bjs da Leoa

    ResponderExcluir
  2. Essa loira... Porra... da próxima vez me convida. HAUHAUHAUH

    Beijos.

    ResponderExcluir

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!