Inteiro dentro de mim!


por H. Thiesen 

Para o sexo sou uma aspirante,
É o meu meio de consumo,
Quando me enredo em ti
E te deixo afundar
Acende um braseiro quente
E me transformo radiante!
Pelo desejo e pelo prazer,
Sou nada a mais que carne
Vibrante e insatisfeita,
Entorpecida pela malícia
E a luxúria do momento!
Rebelada pelo pecado,
Quando invadida e possuída
Na minha vereda estreita,
Te recebo paciente,
Mas logo me inquieto!
Quero toda essa energia
Teu nervoso ir e vir,
E a tua potência masculina,
Que o prazer me propicia!
Cada vez mais eu quero,
Não me dou por satisfeita,
Com maestria e sobressalto
Ponho-me a te cavalgar,
E delicio-me no teu obelisco
De carne rígida e quente!
Agora é meu o vai e vem,
Com as unhas em teu peito,
Cravo-as na tua pele
E imprimo as marcas
Do orgasmo que me abate!
Num delicioso apogeu,
Sinto-te esvaziar dentro de mim,
Nas entranhas te recebo,
Como um cálice o teu jorro!
Nosso sexo à expirar,
Do meu íntimo escorre
A tua seiva quente,
Falta-me apenas adormecer,
Deitada ao teu lado,
Com a cabeça no teu ombro!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog: PENSAMENTOINDECENTE.COM
.

Um comentário :

  1. "...cada vez mais eu quero,não me dou por satisfeita..." nem eu, nem eu!

    ResponderExcluir

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!