Teu prazer é o meu prazer!

por H. Thiesen 

Com meus lábios te torturo e vou te cobrindo com beijos ardentes. Faço em ti presente a minha loucura. Teu corpo vou saboreando, provo teu gosto em cada um dos teus poros, as gotas de suor saciam provisoriamente a minha sede de você. Teu desejo escorre a minha espera, quero beber dessa fonte de prazer desmedido e em um instante, transformo-me de mulher em fera, te banhando com a minha língua, te marcando com minhas unhas felinas.
Quero mais, muito mais ainda! Quero desfrutar dessas delícias intensamente. Quero te fazer em brasas e misturar a umidade da minha boca, ao molhado da tua, enrolando as nossas línguas, como duas serpentes insaciáveis.
Quero consumir o meu tesão, brincando com teu corpo e adonando-me de ti, de uma forma possessiva, não deixando que te negues a receber as minhas carícias, por mais que você implore e me peça para parar.  Quero possuir todas as partes e recantos do teu corpo, dando a elas toda a minha luxúria, cobrindo-as com a minha devassidão, satisfazendo nelas a minha loucura.
Quando eu estou contigo, tudo é chama e arde intensamente, como um caldeirão de desejos em completa ebulição. Quando eu estou contigo, teus desejos alimentam o meu tesão, fico ansiosa e impaciente e cada toque, por menos e leve que seja, desencadeia mil sensações em meu corpo. Quando eu estou contigo, o desejo me consome, quero cada vez mais e mesmo que nada mais há para fazer, mesmo assim... eu quero!
Eis-me aqui pronta para você, totalmente aberta e exposta, com a pele tomada por chamas, com meu se ardendo por por inteiro e meu corpo clamando por você.
Vem agora e não deixe que percamos sequer alguns segundos, que para mim se tornam infinitos. Vem... sem nenhum receio, sem nenhum pudor, sem entremeios e indecisões. Não me deixe esperar, pois a tua lembrança me entontece e a tua presença na imensidão da cama está se fazendo urgente. Não me deixe lançar mão do meu jeito solitário de amar e me satisfazer sozinha, pois o tesão por você não se dissipará e o desejo por você permanecerá em mim, até que venhas e me de o aconchego do teu corpo.
Quero o doce da tua boca, para prová-la feito uva, saboreando uma a uma. Quero sentir o calor do teu corpo queimando a minha pele e aumentando o meu desejo. Quero tatear os arrepios da tua pele em cada uma das minhas carícias e senti-lo na palma da minha mão. Quero desfrutar da maciez dos teus seios, segurá-los em minhas mãos, cobrindo-os com meus beijos e depois deixar que você se delicie, explorando com tua boca e circulando com tua língua os meus seios e mamilos entumescidos. Quero o gosto do teu sexo em minha boca, como se eu fosse uma abelha, lambuzando-me com teu mel. Quero sentir o calor da tua boca e a invasão da tua língua em meu sexo, para derramar-me de desejo e untar-te de prazer. Quero adonar-me do teu gozo e juntar o teu ao meu, para dar o mais intenso clímax a essa nossa loucura, por que o teu prazer é o meu!


--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog: PENSAMENTOINDECENTE.COM
.

2 comentários :

  1. Aiiiii... eu não posso vir aqui e encontrar um texto normal....???
    Um texto que não me torture a alma de tesão e desejo....
    As imagens mostram o meu sonho... delicadeza, gentileza, carinho e ternura que só o sexo entre duas mulheres proporciona!!!
    O universo feminino é extremamente complexo, instigante.... e muito terno!!!
    Lindo o texto Lena....pau duro aqui!!!

    ResponderExcluir
  2. Vim só dizer que esse cuzinho da imagem central me tirou o sossego...!!!!

    ResponderExcluir

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!