Déjà Vu!

por H. Thiesen 

As vezes fico sozinha no quarto, olhando para a cama e como um passe de mágica, os meus pensamentos começam a fluir, em instantes eu viajo, adentro em um mundo repleto de fantasias e de desejos escondidos. 
A imaginação passa a fazer parte da minha realidade e sinto o toque das tuas mãos percorrendo o meu corpo, que queima entre as chamas dos nossos desejo.
A minha boca prova as lembranças do gosto da tua e das sensações da tua língua passando em meus lábios, Meu corpo relembra o toque das tuas mãos passeando e me apertando contra teu corpo, que igual ao meu, também queima no mesmo incêndio.
Um déjà vu se apossa da minha memória, nesse momento, a tua presença se torna real.
Ouço teus sussurros, teus gemidos, sinto o teu cheiro e o sabor da tua pele, tão real em minha boca, me faz salivar.
São recordações dos nosso momentos de amor, intensos e impossíveis de esquecer, desejos que nos leva a nos amar e provar com volúpia uma paixão incandescente. 
Sinto tua pele arrepiada na ponta dos meus dedos, o calor dos teus lábios roçando em meu pescoço, tua  respiração misturando a minha e revivo a nossa sede e fome nos levando de encontro ao prazer.
Olho meus olhos no espelho, se você estivesse comigo nesse momento, veria neles o quanto eu te desejo.
Vejo o reflexo da cama e nela nos vejo, nossos corpos suados e entrelaçados, como se um entrasse para dento do outro.
Viro-me e olho a cama de frente e vejo o nosso beijo, nosso enredo de línguas e esfomeamento das mãos, que tateiam, exploram e levam com elas delicadas carícias por passam ou mesmo, uma pegada forte e arranhões.  
Deito na cama e minhas reminiscências vão de encontro da malícia, me vejo sobre você com as unhas cravadas em teu peito, a cabeça para o alto, jogada para trás, apossando-me do teu corpo e aproveitando cada milimetro da tua masculinidade, que dura e quente me invade, servindo-me de guia, para cima e para baixo, conduzindo a minha dança. Tuas mãos, em minhas nádegas, me ajudam a não perder o compasso. Tua boca em meus seios me insuflam.
A lascívia me toma, a alma sai do meu corpo e só percebo o ritmo e a cadência dos meus movimentos, que luxuriam o meu corpo e aumentam o meu cio.
É uma torrente, o tesão se torna extremo e juntos explodimos, misturando nossos fluidos e um ao outro dando orgasmo
Não vejo mais nada em volta, jogo-me sobre o teu corpo, suada e exausta. Teu cheiro se impregna em mim, na cama, no quarto, no ar e nossos gozos escorrendo de mim.
De repente eu noto, envolvi-me com as lembrança, com pensamentos libidinosos e gozei!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog: PENSAMENTOINDECENTE.COM
.

7 comentários :

  1. Li, exatamente 3 vezes.
    Conto sensacional. A memória é ainda um desconhecido na ciência. Há muito ainda que se descobrir sobre o cérebro e a memória.
    Mas no tocante ao amor, a memória é o fundamento de toda a força avassaladora do amor.
    Como a memória é dolorosamente forte no instante que se perde um amor, ou se quer recordá-lo.
    O amor descobriu há séculos, o que ciência ainda vai tentar explicar!!!
    Nota??? Mil!!!
    lI, EXATAMENTE, 3 VEZES.

    ResponderExcluir
  2. Gosto de me sentir assim, dominado...

    ResponderExcluir
  3. Também fico com minhas recordações nas noites solitárias - isso ninguém vai tirar de mim!!

    ResponderExcluir
  4. Meu anjo!

    Delícia de texto, pra ler, reler, ler de novo... e reler mais e mais vezes.
    Beijo no seu coração apaixonado!

    {W_[amar yasmine]}

    ResponderExcluir
  5. Todo o ser humano tem sonhos eróticos. Outros puras recordações de momentos que se gravaram na nossa mente. Este texto pode muito bem ser comum a muitas mentes adultas.

    Muitas vezes sem ( quase)m nos apercebermos as nossas mãos invadem as nossas partes mais intimas dando azo ao pensamento, quiçá ao sonho e gozamos....adormecendo a seguir

    Adoro os seus escritos eróticos. Lindos demais.

    Agradecendo sua visita, deixo um carinho

    ResponderExcluir

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!