Água, tesão e gozo!

por H. Thiesen

A água cristalina escorre morna sobre nossos corpos, acaricia nossas peles e relaxa as nossas carnes, ainda cansadas de amar. A água cai e faz das suas gotículas um prolongamento das nossas carícias de alguns minutos atrás. Dilata os nossos poros e leva com ela a nossa transpiração. Teus cabelos encharcados, a tua face molhada, trazem-me uma vontade de novamente te beijar. Te beijo e sinto o gosto da água misturado ao teu suor. Isso tudo desperta-me as vontades e desejo te banhar com a minha cobiça.
Entre nós duas, o sabonete, silenciosa testemunha do nosso banho e dos nossos desejos satisfeitos, mas mal sabe, que ele é um doce motivo, para me despertar novos anseios.
Tuas mão espalhando a espuma em meu corpo, acende em mim, uma vontade louca de te amar novamente e repetir no banho, tudo o que fizemos alguns instantes atrás, na nossa cama.
Sinto teus seios deslizando sobre os meus, recebendo a espuma que espalhastes. Teus mamilos endurecidos e arrepiados, roçando a minha pele, me provocam e me fazem desejar. É uma loucura deslizar assim pelo teu corpo, com a água derramando e a espuma branca escorrendo em tua pele.
Deliro de tesão e não resisto, beijo a tua boca, depois teus seios e te encho de desejos.
A espuma em nossos corpos nos ajuda nas carícias, deslizamos quase sem atritos, uma no corpo da outra.
Te beijo intensamente e tua mão invade o meio das minhas coxas, afasto-as um pouco e torno mais fácil para os teus dedos brincarem com a minha flor. Quero te dar prazer e repito em ti as mesmas carícias que fazes em mim.
Nos abandonamos ao banho, nos entregamos ao jogo, repleto de estratégias para nos levar ao gozo e jogamos com os beijos, línguas, dedos e flores.
Enquanto a água cai, molhando os nossos corpo, nos entregamos inteiramente uma a outra.
Encostada na parede fria e colada ao teu corpo, eu molho de tesão e lambuzo os teus dedos, simultaneamente, explora a tua flor e entre as tuas pétalas descubro o teu botão.
Entrego-me para ti, abro-me e cedo espaço para as tuas carícias. Teus dedos insistentes, roçam e invadem, levam-me a mais deliciosa tortura.
Não desisto de ti, brindo-a com carícias, sei como tu gostas e faço toda questão, de te dar o máximo de prazer.
Embebida de prazer, encharco a tua mão, com o mel que escorre do meu íntimo.
Te beijo intensamente e estremeço de tesão, te sinto enfraquecer, quase desfalecer e deixamos o nosso êxtase acontecer.
Deleitamos mutuamente, sob a água do banho, que levou com ela o nosso gozo!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog: PENSAMENTOINDECENTE.COM
.

2 comentários :

  1. Huuuum, muito bom!
    *******************
    Colho em tua boca, o doce sabor
    Desse tesão, que bem sei é meu
    E quanto mais eu provo desse amor
    Mais viciada fico nos beihos teus...
    CF
    * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *
    Booom Final De Semana!!!
    Bjks selvagens da Leoa

    ResponderExcluir
  2. 1) "...jogamos com os beijos, línguas, dedos e flores.";
    2) "... e lambuzo os teus dedos, simultaneamente, explora a tua flor e entre as tuas pétalas descubro o teu botão.";
    Lena... você sabe que adoro te ler. Entre outros temas que separei, ressalto uma coisa simples: "o sabonete, silenciosa testemunha..."
    Insuperável esse texto... lindo!!
    Só o universo feminino para ser assim descrito por uma caneta tão impiedosa como a tua.
    Lena, você está em ótima forma....
    Fiquei de pau duro aqui, imaginando-me assistindo essa cena.
    Impecável. Cruelmente erótica. Estás em grande forma!!!

    ResponderExcluir

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!