Dar o cuzinho é bom!

por H. Thiesen 

O cuzinho é a área VIP do corpo, que nem todos conhecem, mas para entrar... É preciso fazer por merecer! O cuzinho não pode vulgarizado, ele tem que ser um cantinho especial, como um lugarzinho exclusivo, como se estivesse sinalizado com uma placa de aviso:
ÁREA RESTRITA, SOMENTE PARA PESSOAS AUTORIZADAS!
A sensação do pau entrando na bunda, é quase indescritível, principalmente se bem excitada e a perseguida estiver escorrendo, ao ponto da lubrificação lambuzar tudo em volta e facilitar a entrada.
Nessa hora, eu fico imaginando o que ele sente, deve ser delicioso, porque o cuzinho, que é cuzinho, é bem apertado.
Conheço muita gente que tem medo de dar o cu e desiste logo no início, por causa daquela dorzinha. Realmente na primeira vez dói um pouco mais, mas nas próximas vezes, é somente uma dorzinha inicial, digamos uma dor de adaptação aos diâmetros, que se mistura ao prazer e que dá mais vontade de dar.
Aquela dorzinha inicial me deixa louca, por que eu sei que vou querer mais. Depois que a cabeça entra e o cuzinho acostuma, é somente prazer. Um prazer alucinado do pau saindo e entrando, laceando, roçando e preenchendo o vazio das carnes interiores.
Dar o cu é bom! De quatro é sensacional, possibilita um melhor rebolado e a siririca com o dedinho nervoso no grelo. Frango assado é delicioso, aquela coisa de olho no olho, de sincronia de pensamentos e movimentos e o pau bem no fundo. Deitada de barriga para baixo é ótimo, empinando a bundinha, o travesseiro no ventre, o peso do corpo dele e a sensação do pau e os testículos nas nádegas. Cavalgando é maravilhoso, porque fica tudo sob controle: o ritmo, a velocidade, a profundidade, procurar a melhor posição e mexer à vontade.  Porém, nenhum desses jeito é melhor do que dar o cu de ladinho, o bafo quente na nuca, a mordida na orelha, sussurros e gemidos no ouvido, a mão máscula passeando no corpo, os dedos acariciando os seios e bolinando o grelo, o suor e o calor do macho roçando nas costas, tudo isso somado às mãos livres, para fazerem o que quiserem: masturbar, agarrar, arranhar, ajudar, etc, etc, etc .
Quem ainda não experimentou, não sabe o que está perdendo e não sabe o quanto é bom!
Dar o cu, é como uma droga potente, vicia desde a primeira vez e não se abre mão das próximas vezes.
Dar o cu é bom, depois que a cabeça entra, é só relaxar e gozar!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog: PENSAMENTOINDECENTE.COM
.

3 comentários :

  1. Excelente descrição. Eu já tive a oportunidade de comer uma loirinha mineira que adorava dar o cu, as palavras dela eram a seguinte "Dar cu é bom demais". É isso, depois que vicia, já era... Algumas mulheres tem que vencer esse medo. rsrs..

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Li com atenção este texto. Estou de acordo com todo o seu conteúdo!
    Assino por Baixo!

    Beijoos
    Anjinha Sexy

    Visite: Prazeres e Carinhos Sexuais Obrigada

    ResponderExcluir
  3. Tem mulher que odeia e só faz em datas especiais: o aniversário dele, por exemplo!

    ResponderExcluir

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!