Horas de Tesão

por H. Thiesen 

Tem certas horas,
que o desejo me queima,
o meu corpo arde,
e pego fogo!

Tem certas horas,
que o desejo escorre,
o meu corpo umedece,
e eu derramo!

Tem certas horas
que o desejo clama,
meu corpo estremece,
e eu gozo!

Tem certas horas...
Ah! Certas horas
de pura agonia,
horas de solidão e tesão!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog: PENSAMENTOINDECENTE.COM
.

4 comentários :

  1. Nossa e é bom!!! Quando eu "me como" quase faço xixi de tanto tesão!!!!!


    Bjs Da Leoa

    ResponderExcluir
  2. Ou seja: É uma questão de ... ser a hora certa
    .
    Fica feliz

    ResponderExcluir
  3. Eu quero ver teu corpo que arde
    E quero fazer dele, um mar de
    Delícias, malícias e luxúria
    E deixar cansada, fodida em penúria...

    Quero sentir teu gozo pleno
    Quero lamber teu sexo como veneno
    Mortal, que me mata de amor
    E sentir, de tua buceta, o calor.

    ResponderExcluir
  4. Cena e poema lindos assim como muito excitantes. Trata-se das horas de uma mulher que muito me atrai despertando também a curiosidade e desejo.

    ResponderExcluir

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!