Do elevador para a cama!

por H. Thiesen

No elevador ela me apertou contra a parede e me beijo intensamente, dava a entender que queria ter o controle da situação e eu confesso, fiquei excitada e topei a brincadeira.
Logo depois de entrar no seu apartamento, ela repetiu a dose, fechou a porta, me agarrou e voltou a me beijar, desta vez, passando a sua mão por todo o meu corpo. Não me fiz de rogada e retribui da mesma forma, segurando as suas nádegas e enfiando a mão dentro da sua calça legging.
Arrancamos roupa por roupa e nuas, fomos até o quarto. Ela deixou-me deitar e jogou seu corpo sobre o meu, atacando novamente os meus lábios com sua boca sedenta e os meus seios com as suas mãos quentes. Novamente tentei apertar sua bunda, mas ela segurou as minhas mãos e prendeu-as acima da sua cintura, não deixando que eu a tocasse. Disse-me que era ela queria divertir-se e me dar todo o prazer possível.
Senti sua língua descendo, passando pelo meu pescoço, depois alcançou meus seios e finalmente os meus mamilos. Chupou-os, lambe-os, mordiscou-os levemente e sem se demorar muito, desceu pela minha barriga, distribuindo por onde passava, muitos beijos e lambidas.
Abriu minhas perna e me olhou, no seu rosto havia um sorriso safado e malicioso, mas antes de atrever-se pelo meu sexo, lambeu minhas virilhas e circulou-o, evitando tocar os meus lábios úmidos e molhados. Fez isso por alguns segundos, deixando-me louca e implorando pela sua boca. Novamente ela me olhou, sorriu e lambeu levemente o meu clitóris,  fazendo-me subir pelas paredes e quase gritar de prazer. Torturando-me e despertando mais desejo, permaneceu brincando por algum tempo, até que afundou entre as minhas pernas e afogou-se no meu néctar. Ela sabia muito bem o que fazei e quando percebeu que eu iria gozar, invadiu-me com sua língua, me proporcionando um orgasmo delicioso. Desaguei todo o meu gozo na sua boca, contorcendo e apertando a sua cabeça entre as minhas pernas.
Desfaleci de prazer e gozo, precisei de alguns minutos para me recuperar. Depois sim, foi a minha vez e a fiz gozar loucamente, assim como ela havia feito comigo. Passei a noite em seu apartamento e ficamos a noite inteira nos beijando, nos tocando e claro, gozando muitas outras vezes.

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog: PENSAMENTOINDECENTE.COM
.

2 comentários :

  1. Pois eu também estava perdendo isso aqui!!!
    Olha que babaca que fui!!!
    Já atualizei o "seguir"!

    ResponderExcluir

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!