Traços Exibicionista

por H. Thiesen

Hoje eu descobri que sou o teu desejo mais secreto e que tu me quer de um modo alucinado. Aos teus olhos famintos, sou o teu alimento e me devoras com teu olhar sedutor, percorrendo com tua fome cada uma das partes do meu corpo. Enquanto deitas o teu olhar sobre mim, teces uma teia sedutora, na qual fascinada eu me enredo e através dela eu sinto o quanto tu me queres. 
Um desejo enorme me abate, sinto prazer e me transformo em tua presa tentadora. Vejo na tua tentação, todo poder que disponho sobre ti, com toda a malícia que me é disponível, traço as minhas estratégia, mesmo presa em tuas teias, ainda assim posso controlar, ditar as regras, basta-me que saiba usar as armas certas e o veneno da minha sedução.
Deixo que te fascines por achar que me prendeu se sem juízo não notes o perigo ao te aproximar. Deixo que acredites que me abateu e que me fez tua prisioneira, tolhida por tua teia sensual, imobilizada pela fascinação do teu olhar.
Não revelo as minhas intenções, recolho as minhas presas, escondo as minhas armas. Quero que tu percas o juízo e que aumente a tua vontade, para lançar-te sobre mim, acreditando não correr perigos.
O meu prazer aumenta, ao ver-te aproximar, deixando exalar o meu perfume, para aguçar a tua vontade e deixar-te confiante com os pontos fracos a descoberto. Provoco todos os teus sentidos e o teu tesão por mim.
Sinto-me totalmente devorada pelos teus olhos, vejo a tua boca salivando e as tuas mãos suando, esperando pelo momento certo para me atacar e saciar a tua fome, a tua sede e todos os teus desejos. Mostro-me cada vez mais sensual, deslizo as mão pelos meus cabelos, jogo-os ao vento, percorro os lábios com a minha língua, meu olhos emitem suas luzes mais sedutoras, Finalmente eu sei, que passei de presa à caçadora, é a chegada a hora do meu bote derradeiro. Lanço-te, com toda a minha malícia, o meu olha mais profundo e pecador, mas ao mesmo tempo ameaçador e que diz, não te aproximes!
Aproximo-me sorrateira, teu olhar teima seguir os movimentos dos meus quadris, jogo mais um pouco de sensualidade, para te deixar com maior desejo. Desfilo à tua frente, malvada, licenciosa e sagaz. Quero que percebas meu decote, ajo com precisão e faço-te notá-lo, espero-te penetrar o teu olhar entre os meus seios. Finjo, inclino-me para arrumar a barra do vestido, deixo cair o meu decote e os meus seios quase totalmente à mostra. Sinto a tua ansiedade e percebo todo o teu desejo e paro, viro-me e me afasto, deixando agora o rebolado de minhas nádegas. Ouço a tua respiração e teus suspiros, sei que tenho-te ao meu dispor.
Enquanto me afasto, imagino as tuas carícias, penso em teus toques sobre o meu corpo, desejo o calor da tua pele, quero os teus gemidos perto dos meus ouvidos. Minha excitação aumenta ao pensar que posso devorar e ser devorada. Excita-me imaginar-te na cama ao meu lado e sentir o contato da tua boca, da tua língua, das tuas mãos, o teu peso sobre mim, o teu sexo invadindo o meu e finalmente o teu gozo derramando sobre mim. Mas eu sou maldosa, exibir-me é o meu maior prazer. Sinto-me molhada, meu prazer escorre entre as minhas pernas, minha calcinha e as meia-calça umedecem, a loba em mim está no cio. Jamais tocada eu fui por ti e jamais serei. Meu corpo jamais será um reduto para o teu prazer, a não ser para os teus olhos. Nunca saberás que te desejei-te, mas te fiz saber que não me possuirás, escondo-te os meus desejos, aos teus olhos não é mais possível me banharem, já não estou a alcance deles e vou em busca de um outro olhar.
Assim é que eu sinto prazer, provocando e seduzindo, deleitando-me ao saber que sou desejada.
Mas o que eu queria mesmo, é que não sentisses medo e me tomasse de assalto em teus braços, pois todo o tempo eu desejei-te e fiz tudo para que não percebesses.

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog: PENSAMENTOINDECENTE.COM
.

2 comentários :

  1. Linda, bela, maravilhosa, gostosa, deliciosa e... inatingível!
    Maltrata meu olhar, meu desejo.... deixa-me imaginar dono dessas pernas, dessas nádegas esplendorosas, dessas pernas divinais...
    Mas sei que alcançar-te o íntimo é impossível! Como se o mar se tornasse doce....
    Mas não me custa nada sonhar.... custa sim! Custa-me noites de desejo e sonho, onde realizo-me contigo no aconchego de minha mão!!!!

    ResponderExcluir
  2. Boa noite
    Um conto em declaração ao mais alto nível erótico. Parabéns

    Bjocas

    Prazeres e Carinhos Sexuais

    ResponderExcluir

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!