Transtornada de Tesão

por H. Thiesen

Pouso meus lábios sobre a tua pele e te torturo. Teu corpo responde estremecendo de loucura. Vagarosamente saboreio cada pedaço de ti. Bebo e mato a minha sede, aproveitando-me de cada uma das tuas gotas de saliva e de suor.
Sinto que o desejo escorre pelos teus poros e da tua fonte de prazer, sorvo o mel com a minha cobiça desmedida.Vejo-te transformar, transtornar-te... Antes uma mulher doce e agora uma fera sedenta.
Acordo na imensidão da noite, estava sonhando, mas sinto o teu calor, pois angelicalmente dormes ao meu lado. Torna-se impossível para mim, evitar os pensamentos mais profanos. Tudo o que eu mais preciso neste momento, é de ti. Quero tudo, teu corpo, teu desejo, teu tesão e apossar-me da tua chama e com ela incendiar-me imensamente e tornar-me uma brasa incandescente e juntas acender a nossa fogueira de luxúria.
Quero amar, brincar, me divertir, fazer passar pelos meus dedos o teu prazer, embeber meus lábios com o teu tesão e enebriar-me com o cheiro do teu cio.
Na devassidão dessa noite quero enlouquecer e enlouquecer-te, alimentar o teu desejo com o meu, em meio os nossos jogos devassos de prazer, imaginando, criando e fazendo indecências.
Estou doida, excitada e ainda dormes. Meu corpo clama pelo teu. Aqui estou, deitada ao teu lado, exposta, aberta e nua, ainda impregnada com o teu cheiro, do jeito que me deixaste no início dessa noite, quando nós deitamos e antes de dormir amamos.
Quero te acordar, mas tenho pena de interromper teus sonhos. Não vejo outra saída e entrego-me às carícias de minhas próprias mãos, as quais imagino ser as tuas.
Toco-me, exploro-me, descubro novamente minhas partes, os seios, o ventre, as coxas e o que está guardado entre elas. Impossível me é sessar esse momento de amor próprio.
Entorpeço de tesão desejando teu corpo adormecido ao meu lado. Trafego os olhos por todas as tuas curvas, cheiro teus cabelos, desejo o beijo da tua boca, o toque das tuas mãos sobre meus seios. Estremeço imaginando a tua língua em meus mamilos e o gosto do teu sexo se faz presente em minha boca. Sinto o calor da tua boca sorvendo o mel que de mim verte. Tudo em ti é tesão puro!
Não dou descanso às minhas mãos, meus dedos vagueiam por todo meu corpo e entre as minhas coxas se lambuzam. Sinto-me voar, estremeço, mordo os lábios para não te acordar com meus gemidos e gozo desesperadamente.
Deito-mo ao teu lado, exausta pelo orgasmo intenso, mas ainda insatisfeita. Resta-me esperar que acordes, pois tenho certeza que teremos que apagar mutuamente os nossos fogos. Sempre é assim, quando estamos juntas, sem nada para fazer, incendiamos a cama muitas vezes!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog: PENSAMENTOINDECENTE.COM
.

5 comentários :

  1. Prosa brilhante. Transborda erotismo, sensibilidade, desewjo9 de entrega. Existem sonhos que são pura volúpia
    .
    (hoje fiz um poema erótico)
    .
    Deixo Cumprimentos

    ResponderExcluir
  2. Apaixonante.... o tesão é assim mesmo. Quando um dorme, o outro fica esperando ansioso pelo toque inesquecível da paixão...!!!!!
    Imagino o incêndio da cama, quando ambas estão com a corda toda... queria muito ver a cena!!!

    ResponderExcluir
  3. Belíssimo texto!

    Ficava feliz com a sua visita
    aqui- http://deliriosamoresexo.blogspot.pt/

    Bjos ;-)

    ResponderExcluir

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!