Desejos

por H. Thiesen 

Há coisas, na vida, que nunca mudam, sentimentos, sentidos e emoções. Há inquietudes que permanecem constantes, como se houvessem sonhos impossíveis de alcançar. Há valores que permanecem iguais em si mesmos. Sempre há algo que parece estar ao alcance, mas quanto mais queremos, mais ficam longe! São desassossegos e insatisfações. Sentimentos que se fazem longínquos.
Mas há a atitude e os gestos, que se fazem presentes e disponíveis ao nosso alcance, quer queiramos ou não! São constantes e contemplam a nossa rotina, repleta de desejos e que sentimos como nossa, em particular, que não podemos abolir. 
O calor da pele, que aquece os momentos de amor e acalma por este, as sensações de arrepios. O toque das mãos, que buscam com insistência os segredos de pedaços indiscretos. A boca úmida e o seu fluido lascivo, como um veneno no encontro do beijo. Os olhos maliciosos, que procuram pela visão do indecente, os segredos escondidos. Os lábios sedentos a escorrer sensualidade na pele suada. A língua, capaz de falar todos os idiomas do corpo. Os dedos, que percorrem os lábios e desfilam na pele como lápis de cores, desenhando desejos e seviciando o sexo. O sexo, que espera ansioso por um outro sexo, seja ele diferente ou igual ao nosso.
A vontade do corpo que se encosta no regato aquecido de outro, deixando-se conduzir até uma estremecida paixão. Sabendo que essa atitude, desinibida e intensa, aquece um outro corpo desnudo e revela com esplendor a volúpia dos sentidos, com luxúria voraz. 
Há um incêndio que queima o corpo, assim recolhido pelo deleite e sedento por satisfação. Que se acende enquanto se revela à sensualidade e a libidinagem.
Há inquietudes, que se estabelecem na pele e se estendem às carnes latejantes e úmidas, despidas de todos os pudores. Inquietudes, que se derramam da boca ao sexo, como néctar e mel de um desassossego, que nunca acaba e nunca está satisfeito. Há inquietudes que permanecem na promessa de um dia acalmar, mas isso não muda e nunca irá mudar:
- Desejos!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog: PENSAMENTOINDECENTE.COM
.

3 comentários :

  1. Os seus textos são sempre muito excitantes e de uma intensidade tão grande que dá gosto ler. Chego a imaginar-me nos contos.
    Ficando por vezes difícil de comentar. Muitos parabéns.

    Beijoos
    Anjinha Sexy

    Prazeres e Carinhos Sexuais

    ResponderExcluir
  2. "Há coisas, na vida, que nunca mudam, sentimentos, sentidos e emoções...."... e talento!!!
    Talento para botar no papel uma crônica deliciosa dessas...
    Doce te ler... Linda crônica de mulher madura e sábia!

    ResponderExcluir

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!