Gozei!

por H. Thiesen 

Corro meus dedos sobre teu ventre, meu toque é leve como plumas, mas é quente como uma brasa
e posso te sentir tremendo!
Tua pele é tão macia e sedosa, suave como uma nuvem!
Sei que vais deixar experimentar todas as delícias do teu corpo e deixar-me mergulhar e explorar a tua alma.
Minha viagem continua, mapeando o teu corpo com todos os meus sentidos.
A umidade da minha língua circunda seus mamilos endurecidos e sinto um prazer imenso de ter teus seios em minha boca.
Tua respiração acelera e o ar se torna rarefeito. Neste momento és tudo o que eu tenho, és tudo o que eu vejo e és tudo o que eu sinto.
O tempo já não tem mais importância. Nossos corpos se fundiram!
Vejo que abres as pernas e agarrando-me pelos cabelos, com um sorriso diabólico nos lábios, imploras por mim!
Curvo-me à tua vontade e como abelha, pouso a minha boca no teu meio!
Provo o néctar que escorre dos teus lábios adocicados e mordisco as tuas dobras, lambo tudo e assisto-te tremer. Minha língua atinge teu ápice e no teu clitóris molhado, colho o lambuzado de mel.
Tuas mãos seguram-me com força e empurram-me contra ti. Ouço-te pedir por mais, sinto-te querendo mais e dou o que tu queres, faço a minha língua explorar mais fundo e adentrar o teu pote de mel.
Fico toda lambuzada e isso faz te querer mais. Sinto vontade de te devorar e fazer-te gritar de prazer.
Minha língua inflama seus sentidos, incendeia o teu corpo. Enquanto minha boca prova o teu gosto, minhas mãos procuram os teus seios, para acariciá-los e dar à eles uma doce tortura.
Deslizo o dedo pelo centro das tuas carnes, busco o mel mais puro na tua intimidade mais profunda e vejo-te estremecer e mover a tua cabeça de um lado para o outro, além de ronronar como uma gata e deslizar as mão pelo teu próprio corpo. 
Do meio das tuas pernas, o mel escorre farto! Meus dedos entram e saem num ritmo alucinado. Minha boca cobre o teu mamilo e meus ouvidos são acariciados pelos teu gemidos.
Deixo teus seios, subo pelo pescoço e alcanço a tua boca. Com o cheiro do teu mel, ainda nos meus lábios, beijo a tua boca ardentemente.
Como um impulso final, te contorces nos meus braços e ouço-te gritar. O calor entre nós duas é muito intenso, o suor escorre como cascata do teu corpo, chegaste onde eu queria, dei-te o que querias e olhando em meus olhos, exclamaas com alegria:
- Gozei!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog: PENSAMENTOINDECENTE.COM
.

4 comentários :

  1. Super excitante...vulcânico....tórrido! Bom de +++++++


    Beijinhos
    Visite, Obrigada.
    Prazeres e Carinhos Sexuais

    ResponderExcluir
  2. Se eu quase gozei só de ler.... imagino a felicidade do casal...
    A narrativa é intensa, linda, tocante, carinho que exala de cada frase... Lindo o texto!

    ResponderExcluir
  3. O cheiro de buceta perdura por semanas em nossas bocas. E eu adoro sentir esse cheiro durante os dias após a foda.

    ResponderExcluir
  4. Leninha, Leninha. Tenho andado ausente, mas jamais te esquecerei...
    Já este ano estive em Olinda, Recife, mas em breve estarei no Rio!

    Beijo doce!

    ResponderExcluir

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!