Enrabada

porH. Thiesen

Gosto de tirar a roupa
E virar-me de costa
Te pedir sorrateira
Que me invada o traseiro
Gosto de tirar a roupa
Para me sentir cobiçada
Me deliciar na tua pica
E ser por ti enrabada
Gosto de ficar sentindo
O vai e vem gostoso
Nas minhas entranhas
Até chegar ao gozo
Gosto de gozar assim
Você metido até o talo
Eu numa siririca
E o cu em frangalho
Gosto de sentir o leite
Quente e escorrido
Saindo pra fora
Do meu cu ardido!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog: PENSAMENTOINDECENTE.COM
.

3 comentários :

  1. Pois olhe minha doce Deusa Germânica!!
    Eu estou aqui, inteiramente à tua disposição para te satisfazer essa vontade....
    Mas antes da enrabada.... poderia haver uma lambidinha no buraquinho glorioso????

    ResponderExcluir
  2. O que você descreve é poesia aos nossos olhos e sentidos..

    ResponderExcluir
  3. Cara H. Thiesen, Anaïs Nin que se cuide consigo...

    Adoro essas imagens e sensações bem gráficas de puro desejo e deboche.

    Fazem querer...

    Simplesmente fabulosa , H. Thiesen.

    ResponderExcluir

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!