A última gota de mel!

por H. Thiesen 

De olhos fechados, sinto as tuas mãos correndo por todo meu corpo.
Selvagem, frenético e fora de controle, sinto-me tocada em todos os lugares e tuas mãos acariciam tudo em mim.
Mãos fortes e calejadas pelo teu trabalho duro, mas suaves e capazes de conduzirem-me a um delírio.
Toque, murmúrios, palavras e,  descobriste um poder que deténs.
Teus lábios tocam-me a boca e com um beijo apaixonado toca-me a alma.
A fome e a sede assumem meu ser e beijo profundo me trás mais emoção.
Meu corpo se enche de de fogo, o desejo já não posso controlar.
Tens o controle total sobre mim, de um jeito que jamais alguém conheceu.
Abro os meus olhos abertos, eles olham para ti.
Mas, de alguma forma, teus olhos veem através de mim, olham profundamente a minha alma.
Teus beijos correm-me pelo pescoço e logo começas a devorar os meus seios.
Carícias... Sugadas... Lambidas...
Tuas mãos os seguram, teus dedos os espremem.
O calor se intensifica dentro de mim, a um ponto que eu nunca experimentei.
Imploro para não parar, o teu nome... eu grito.
Te moves e começas a descer, cobrindo meu corpo de beijos apaixonados, traçando o teu caminho.
O umbigo, o ventre, as virilhas, as coxas... Tua mãos, me guiam e fazem me abrir e me revelar para ti.
Teus dedos me bolinam, acariciam, enquanto a tua boca, ainda nas minhas coxas me deixa louca, à espera de mais.
E, vens lambendo a minha pele sensível, em toda parte, fazendo o teu caminho para onde eu desejo.
Sensações me invadem, retorço, arco minhas costas e volto os meus olhos para ti. Te vejo mergulhar e afundar entre as pernas, dos meus lábios entreabertos, gemidos começam a escapar.
Tu lambes, é tua dança erótica em círculos, enlaçando meu clitóris com a tua volúpia.
Eu perco o controle de todas as minhas emoções.
Meus desejos e anseios, são nuvens embaralhando meus pensamentos.
Quero um apoio, me sinto no ar, minhas mãos vagam pela cama, agarram os lençóis. Tento me segurar!
Sinto tuas suaves mordidas, teus beijos e lambidas. Achaste o teu recanto e dele não queres sair.
Imploro por mais, não respiro. Busco um ar que não vem. Eu torço, retorço, enrosco.
Te prendo entre as pernas, te afundo com as mãos, te aperto, te esfrego em mim. Quero tua boca em cada centímetro, a tua a língua bem funda.
Eu molho e escorro.
Eu grunho, suspiro, gemo e grito.
Não quero sair da tua boca, é muito tesão!
Mas emfim, é muito pra mim, não aguento...
Eu gozo como uma insana e me derramo na tua boca!
Ainda te prendo, quero que tua boca me acalme e quero que bebas até a minha última gota de mel!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog: PENSAMENTOINDECENTE.COM
.

3 comentários :

  1. Texto excitante, maravilhoso.

    Bjos

    Visite-nos.

    ResponderExcluir
  2. Texto lindo, excitante.... deliciosamente tesudo!!
    A narrativa de uma bela lambida e uma bela chupada está aqui!!!!
    Esse cara sou eu!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já acho que não existe! Todos prometem, pero na horaga...

      Excluir

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!