Incontrolável

por H. Thiesen 

Há certas coisas que fogem do controle, são inevitáveis e o desejo é uma delas, quando ele abate, entorpece os sentidos.
Ela sentia-o firme e ereto com o toque dos seus dedos finos e compridos. O calor do contato fê-lo exalar um cheiro característico. Além do perfume que entrava pelas suas narinas, o atrito do seu tato deixava-o umedecido, isso somado àquele momento inebriante, levavam-na a um estado de excitação anormal.
A boca entreaberta, aguando-se de saliva, um frio no ventre denunciava o seu desejo e o peito ofegante desnudava-a da ansiedade.
Ela contornava os lábios com língua e insaciável, previa em sua boca o sabor, engolia a saliva tentando saciar-se com o gosto que ela ainda não tinha na boca.
Sua gula era enorme, nada mais lhe importava, à todo custo queria prová-lo, fosse como ele fosse, queria sim, que ele fosse grande, mas não era tanto como ela desejava,  desejo atém mesmo que fossem vários, para matar de vez sua vontade. Mas o tamanho, formato e cor, naquele instante eram questões secundárias. Queria-o mesmo para si, sentindo-o entrar através dos seus lábios molhados e quentes, deslizando na língua e preenchendo o vazio da sua boca.
Sem poder conter-se com o incontrolável desejo que ela sentia. Tão grande e maior do que ela. Rendeu-se à ele e entregou-se ao sabor do prazer.
Segurando-o entre os dedos, abriu a boca e deixou que ele entrasse. Trouxe-o para fora, já um pouco melado e lambuzado. Circulou-o com a língua, aproveitando o sabor de cada centímetro. O desejo enorme fez ela morde-lo levemente e fugindo-lhe o controle, quase arrancou-lhe um pedaço. Controlou o seu ímpeto, queria degustá-lo aos poucos.
Lambuzada, viu seu desejo amolecer-se e depois findar-se na sua boca. Como um prazer derradeiro, deliciou-se lambendo nos dedos melados todo resto.
Decepcionada por ele não ter satisfeito seu desejo à contento, de imediato, pensou:
- Amanhã preciso comprar mais chocolates!
Por que um desejo, as vezes pode ser incontrolável!

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog: PENSAMENTOINDECENTE.COM
.

2 comentários :

  1. Me enganou direitinho....!!!
    Estava querendo ver como ele ia gozar nela... aiaiaiaai!!!
    Essa menina é fogo na jaca!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por isso meu amor verdadeiro é o brigadeiro!

      Excluir

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!