Mergulho no teu corpo


por H. Thiesen 

Com enorme sede, mergulho na tua luxúria e desbravo com a minha língua, as extensões da tua fonte caudalosa. 
Com toda a minha gula, mergulho no meio dos teus anseios e devoro as tuas carnes suculentas. 
Como melodia, ouço teus gemidos roucos e dou um sentido às tuas palavras desconexas! 
Afogo-me nos teus desejos e bebo o teu prazer, que verte como torrentes do teu corpo em gozo!
Sacio a minha fome nas tuas carnes e mato a minha sede bebendo-te gota à gota!
Grande é a minha cobiça pelo teu corpo!
Grande é a minha vontade, depois de saciar-me, de desaguar-me em tua boca!
Grande é o meu desejo de dar-te à beber o sabor adocicado do meu gozo!



--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog: PENSAMENTOINDECENTE.COM
.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!