Messalina

por H. Thiesen

Venha à noite, silenciosamente a minha cama e acorde a amante que existe em mim, faça-me um súcubo faminto, capaz de sorver a tua essência. Instigue a minha Messalina que encontra-se escondida e convença-me a ser a tua prostituta, vadia e louca!
Quero ser a própria luxuria, a lascívia inconsequente e ser o teu maior pecado, sem pudor nenhum, quero aflorar o desejo que me queima e me maltrata.
Quero ser promiscua, uma depravada sem limites, desfazer-me de qualquer pureza e abraçar a devassidão. Quero ter prazer entorpecido e animal, ser fêmea sem nenhum limites, para o seu macho viril!
Não me importo com o machismo, com essa opinião tola e ser realmente quem eu sou, quero ser apenas um corpo em frenesi e não uma recatada com vergonha, que faz por obrigação.
Serei eu,  mulher e fêmea, louca e cheia de desejos, importando-me somente com o prazer.
Serei o tesão, exalado dos meus poros e me entregarei  ao que me suscitar o íntimo. 
Serei a lascívia, que invadirá teus sonhos, o teu desejo antes de dormir e a tua vontade ao acordar.
Serei a chave que abre os teus recantos mais secreto e libertarei todos os anseios do teu corpo.
Serei caudilha, te controlando e ditando as minhas regras de amar.
Serei heroína e te libertarei das amarras do pudor.
Serei ama e senhora, te prenderei a mim, como escravo que se permite à entrega.
Serei causa e efeito, dominarei cada um dos teus suspiros, sensações e sentimentos. 
Serei bruxa que dos seus lança os feitiços e enlaça a tua alma com toda sutileza.
Serei o teu tudo e o teu nada, te deixarei perdido, sem direito a reação.
Deixe-me envolve-lo coma as minhas múltiplas faces.
Deixe-me mostrar, com ser envolvido pelo desejo puro, com o meu som, meu sabor e cheiro,
Deixe-me cobri-lo com a textura e doçura da minha paixão. 
Venha ao meu corpo, banhar-se em meu suor, beber do meu prazer e desfrutar todos os deleites, que o meu tesão pode te dar.
Venha, me tome e me possua, deitada, de quatro, de pé e de lado, abraçado pelo meu desejos.
Louca eu te cavalgarei, encaixada perfeitamente no teu corpo.
Mas antes vou provar as tuas ânsias e com a minha ânsia deixar que pulse entre meus lábios, deixarei que te afunde em minha garganta. A você ofertarei, o mais puro mel do meu desejo, deixando me escorrer na tua boca e depositando-o na lascividade da tua língua.  
E quando você estiver em mim, sentirei nas minhas profundezas, a satisfação dos meus desejos, gemendo para você a minha entrega.
Seja o homem, o macho que me possui, faça-me a tua puta, deixe-me ser tua vadia sem pudor. 
Meta-me sem pena e sem dó, possua-me com a violência que afloram os teus desejo, mas tema o inferno que me queima o corpo e fogo que abrasa nos meus olhos, pois vou te exigir, te enfeitiçar e te envolver, irei te arranhar, morder e machucar, sem esquecer-me de te beijar, lamber e sugar, mas vou te prender e envolver com minhas pernas e meus braços e somente te libertar depois que me fizer gozar.

--------------------------------------------------------------
© COPYRIGHT BY "PENSAMENTO INDECENTE"
Todos os Direitos Reservados
All Rights Reserved
DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS
Cópias e publicações permitidas, desde que acompanhadas dos créditos à autora do texto e link para para este blog: PENSAMENTOINDECENTE.COM
.

3 comentários :

  1. FANTÁSTICO O TEXTO...
    Sensacional Lena... impressionante como você tem escrito tua crônicas ultimamente.
    Deliciosa leitura erótica com uma fluência de matar de inveja qualquer um safado que te lê...
    Menina... você está em grande forma!!!!
    Beijos desse fã!!!

    ResponderExcluir
  2. É por isto que eu gosto de me perder nos blogues eróticos femininos... Aqui não há cá galhofa, politiquice ou questões religiosas... Aqui é toda uma empatia, uma ternura, é a partilha, o gosto pelo tesão!

    Beijo, Princesa!

    ResponderExcluir

***********************************
ATENÇÃO COMEDORES, leiam antes de comentar:
Comentários que contenham, endereço de e-mail, telefones e propostas para relacionamentos, não serão publicados, para isso existem sites especializados. Também terão o mesmo destino, comentários ofensivos, discriminatórios e preconceituosos.
***********************************
OBRIGADA PELA SUA VISITA!